Blue Flower

Seja benvindo(a)!

Digite o termo na pesquisa conforme o Sumário atual da terceira etapa. Aperte o enter e aguarde o melhor resultado. Após entrar no tema da publicação, busque a palavra do seu interesse usando as teclas Ctrl + f. surgirá uma barra superior onde se deve digitar a palavra chave, p. ex. "Dummar", logo aparecerá ressaltada, com o número de vezes que se acha no texto. 

 

 

                                                                        

   Por Francisco Augusto de Araújo Lima, منزل صغير, Praia do Futuro, Fortaleza, 02 de outubro de 2019. genealogia@familiascearenses.com.br

 

 Gaspar Esteves Soares, Gaspar Estevão Soares nasceu a dois de junho de 1723, em Barbeita, Monção, Viana do Castelo, filho de Ricardo Esteves e de Maria de Brito, Maria Fernandes Soares, naturais de Braga. O Capitão Gaspar  residiu em Aracati, Ceará, e foi neto paterno de Gaspar Esteves e de Ana Martins. Neto materno de Diogo Fernandes e de Faustina Soares. Observar que o Padre português, no batistério, anotou Maria de Brito errando o nome de D. Maria Fernandes Soares, e induzindo o Padre cearense a também errar. Prevalece o termo de matrimônio na hierarquia dos termos eclesiais.

   Termo de casamento dos pais de Gaspar.“Aos dezesseis dias do mês de julho de 1706 anos, se receberam em presença do Padre Gregório da Rocha, Cura desta Freguesia, Ricardo Esteves, filho legítimo de Gaspar Esteves e Ana Martins com Maria Fernandes Soares, filha legítima de Diogo Fernandes e Faustina Soares todos desta Freguesia; se receberam na forma do Sagrado Concílio Tridentino e foram testemunhas, Antônio Fernandes e Gaspar Esteves e a maior parte dos fregueses desta Vila, de que fiz este assento que assinei. Manoel Maciel Jordão.” Cf. Livro de Matrimônios, Monção. familysearch.org.

   Termo de batismo de Gaspar.  “Aos cinco dias do mês de junho de 1723 anos, batizei a Gaspar, filho legítimo de Ricardo Esteves e Maria de Brito, foram padrinhos, Gaspar de Araújo de Azevedo, e Josefa de Souza, da Vila de Monção; nasceu aos dois dias do dito mês e ano. Presente por testemunha o dito padrinho, fiz este que assino Manoel Maciel Jordão.” Cf. Livro de Batismos,  Monção. Etombo.  

   O Capitão Gaspar casou-se com Francisca Xavier do Espírito Santo nasceu no ano de 1739, na Freguesia da Luz, Pernambuco, filha de Gonçalo Ferreira de Vasconcelos, n. Santo Antônio da Mata, e de Maria do Ó de Jesus, n. Santo Antônio do Recife, Pernambuco.    Gonçalo e Maria do Ó, pais também de Manoel Francisco de Vasconcelos, n. Recife, c.c. Albina Pereira de Sá, n. Sobral, f. de Agostinho Pereira de Sá e de Úrsula Fernandes, do Ceará.  Albina e Manoel, pais de INÁCIO n. 15.02.1778, e foi batizado a 03.05 seguinte, na Igreja Matriz de Sobral, pelo Padre João Ribeiro Pessoa. Padrinhos, Inácio de Amorim Barros PP de José Tavares Pessoa, e Albina, solteira, filha de Antônio de Souza Fonseca. Cf. Livro de Batismo, Sobral, Ceará.  

   Francisca Xavier do Espírito Santo faleceu a 22 de setembro de 1785, de idade 46 anos, e foi sepultada na Igreja Matriz de N. Senhora do Rosário do Aracati, das grades para baixo. Cf. Aracati CD2-1095.

   Filhos anotados por Francisca Xavier do Espírito Santo e Gaspar Esteves Soares. 1.-3.

  1. João nasceu a 06 de junho de 1767, e batizado a 18 do dito mês e ano, na Capela de N. Senhora do Rosário do Aracati, pelo Padre Antônio Ferreira de Souza. Padrinhos, Francisco Gomes e D. Antônia Correia, solteiros.
  2. Luís nasceu a 10 de outubro de 1771, e batizado a 20 do dito mês e ano, na Freguesia das Russas, pelo Padre Antônio Ferreira de Souza. Padrinhos, Antônio José Quaresma, casado, e Ana Ribeiro, casada. Obs.: Antônio José Quaresma, n. Recife, Pernambuco, casado com Brázia Maria da Luz, ele Quaresma, falecido na Vila do Aracati, a 08.01.1782, de idade 50 anos pouco mais ou menos, e foi sepultado na Igreja Matriz do Aracati, das grades para baixo. Aracati CD2-1008.
  3. Doroteia nasceu a 05 de fevereiro de 1782, e batizada a 18 do mesmo mês e ano, na Igreja do Rosário do Aracati, pelo Padre Teodósio de Araújo Abreu. Padrinhos, o Alferes Antônio da Silva Cruz, por procuração que apresentou o Capitão José Rodrigues Pereira Chaves e Dona Lourença Pereira de Azevedo, mulher do Sargento Mor José Rodrigues Pinto, todos moradores nesta Freguesia de Nossa Senhora do Rosário das Russas.  

       Filho anotado por Gaspar Esteves Soares e Cosma Francisca, solteira.

  1. Genoveva, batizada a 23 de maio de 1757, na Fazenda do Areré, lugar chamado Porteira, Passagem das Pedras, atual Itaiçaba, Ceará, pelo Padre Ezequiel Gamero. Padrinhos, José Pereira e Josefa Maria do Espírito Santo, mulher de Sebastião Moreira.

 Cf. LA2-37v - Aracati CD5 L1-22,115 - Russas CD8 L4-44. Cf. Livro de Batismos, S. Salvador de Barbudo, Vila Verde. 1723/1839. familysearch.org. 11. Fro. Augusto de Araújo Lima. Complementação Famílias Cearenses  Treze. Siará Grande - Uma Província Portuguesa no Nordeste Oriental do Brasil. Editora Expressão Gráfica, 2016, Fortaleza. Volume II. p. 918.