Blue Flower

Seja benvindo(a)!

Digite o termo na pesquisa conforme o Sumário atual da terceira etapa. Aperte o enter e aguarde o melhor resultado. Após entrar no tema da publicação, busque a palavra do seu interesse usando as teclas Ctrl + f. surgirá uma barra superior onde se deve digitar a palavra chave, p. ex. "Dummar", logo aparecerá ressaltada, com o número de vezes que se acha no texto. 

 

 

Por Francisco Augusto de Araújo Lima. Fortaleza, 28.03.2020. genealogia@familias cearenses. com. br  faal.ww@gmail.com

   

   Teófilo Teixeira das Neves (Theophilo) veio de Frossos, Aveiro, Portugal, no final do século XIX. Trabalhou na panificadora de Joaquim Frutuoso do Nascimento, ingressando no ramo da panificação em Maranguape, Ceará. Mandou vir seu irmão consanguineo Josué Teixeira de Abreu que trabalhou em Maranguape, comprando depois a Padaria Americana, Benfica, a João Otávio Vieira que a mantinha desde 1886.


     Brasão de armas de Frossos      

 

                     Igreja Matriz de S. Paio                      

                                                      Igreja de S. Paio de Frossos. Mês de março: Temperatura, Mínima 7° Máxima 12° C.

 

 Teófilo e Josué são naturais do lugar e Freguesia de São Paio de Frossos, Concelho de Albergaria-a-Velha, Distrito de Aveiro, Portugal. Em Maranguape, Josué Teixeira de Abreu recebeu justa homenagem, tendo emprestado o seu nome a uma Rua no Novo Maranguape I. Obs. O Distrito de Aveiro é vizinho ao Distrito do Porto.

   Josué Teixeira Abreu filho de José Teixeira das Neves, viúvo, e de Teresa Nogueira de Abreu, solteira. Neto paterno de José Teixeira e de Joana das Neves de Fontes. Neto materno de Antônio José de Oliveira e de Rosa Nogueira de Abreu.   

   Teófilo Teixeira das Neves filho de José Teixeira das Neves e Ana Rodrigues da Silva de Melo. Neto paterno de José Teixeira e de Joana das Neves de Fontes. Neto materno de José Rodrigues Romualdo e de Bernarda Maria.

Jornal  O Ceará. Fortaleza. 23.10.1928.  O Club dos Caçadores e Tiro ao Alvo tem por sócio o Sr. Josué Teixeira de Abreu.

Jornal Legionário. 03.06.1936. Um português arbitrário na Padaria Americana, Rua General Sampaio, n° 68, Benfica.

Jornal Libertador. Fortaleza. 18.09.1886. João Otávio Vieira, dono da Padaria Americana, Rua Senador PompeuJornal Libertador. Fortaleza. 18.09.1887. A Padaria Americana, Rua General n° 68.

Jornal A Razão. Fortaleza. 27.09.1936. Josué Teixeira de Abreu, dono da Padaria Lusitana em Maranguape e da Padaria Americana, Benfica, casou-se com Dona Carmelita Lopes de Abreu, que nasceu a 26 de setembro. Jornal A Razão. Fortaleza. 03.10.1936. Josué e Carmelita, pais de: 1. Elaine Abreu que nasceu a 03 de outubro de 1934 e casou-se com João Markan de Lacerda, com geração. Jornal A Razão. Fortaleza. 18.10.1936. 2. Edson que nasceu a 17 de outubro e 3. Josué Teixeira de Abreu Filho. 

             

     3° Ano Primário, 17.06.1951, Colégio Cearense. Debaixo para cima, o 1° da segunda fila, esquerda para direita, é o Josué Teixeira de Abreu Filho.

 

      Termo de batismo da mãe de Josué Teixeira Abreu.

“Aos dez dias do mês de março de 1872, nesta Igreja Paroquial de São paio de Frossos, Concelho de Albergaria a Velha e Diocese de Aveiro batizei solenemente um individuo do sexo feminino a quem dei o nome de Teresa e que nasceu nesta Freguesia às duas horas da manhã do dia vinte e sete do mês de fevereiro do ano supra, filha legítima de Antônio José de Oliveira, lavrador, natural desta Freguesia de São paio de Frossos e de Rosa Nogueira, lavradora, natural da Freguesia de Angeja, Concelho de Albergaria a Velha, recebidos e paroquianos desta Freguesia de São Paio de Frossos, neta paterna de José Manoel de Oliveira e Joaquina Dias e materna de Domingos Nunes de Abreu e Antônia Nogueira. Foi padrinho Antônio Nunes de Abreu, casado e proprietário, e madrinha Teresa Maria de Jesus, os quais todos sei serem os próprios. E para constar lavrei em duplicata este assento que depois de ser lido e conferido perante os padrinhos e não assinaram os padrinhos por não saberem escrever. O Pároco Encomendado José Marques da Silva.” Cf. Livro de Batismos. São Paio. Frossos. Etombo.

 

    Termo de casamento dos avós maternos de Josué Teixeira Abreu.

“Aos dezoito dias do mês de outubro do ano de 1860, pelas nove horas da manhã, na Igreja Paroquial desta Freguesia de São Paio de Frossos, Concelho de Albergaria a Velha , Distrito Eclesiástico da Diocese de Aveiro perante mim o Presbítero Manoel Nunes Praça, Reitor da mesma Freguesia, compareceram os nubentes Antônio José de Oliveira e Rosa Nogueira os quais conheço e dou fé de serem os próprios, com certidões, sem impedimento algum canônico ou Civil para o casamento ele de idade de dezenove anos, solteiro e batizado nesta mesma Freguesia de Frossoso, filho legítimo de José Manoel de Oliveira e de Joaquina Dias, moradores na Rua da Fonte, desta Freguesia, neto paterno de Manoel José de Oliveira e de Joana Maria de Oliveira e materno de Antônio Dias Branco e Maria Nunes, e ela de idade de vinte e nove anos, solteira, batizada na Freguesia de Nossa Senhora das Neves de Angeja, filha legítima de Domingos Nunes de Abreu e Antônia Nogueira, moradores na Rua da Costa, Freguesia de Angeja, neta paterna de Manoel Nunes de Abreu e Francisca Dias; e materna de Manoel Nunes da Silva e Teresa Nogueira ... e solenemente lhe lancei as bênçãos nupciais. O Presbítero Manoel Nunes Praça.” Cf. Livro de Matrimônios. São Paio. Frossos. Etombo. Ver Francisco Augusto de Araújo Lima. Famílias Cearenses Treze –  Siará Grande – Uma Província Portuguesa no Nordeste Oriental do Brasil. Editora Expressão Gráfica. Fortaleza, 2016. Vol. IV. Título Manoel Dias Branco.

 

   Termo de Batismo de Josué Teixeira de Abreu.

“Aos dez dias do mês de março do ano de 1907, nesta Igreja Paroquial de São Paio de Frossos,  Concelho de Albergaria a Velha, Diocese do Porto, batizei solenemente e com autorização superior um indivíduo do sexo masculino a quem dei o nome de Josué e que nasceu nesta Freguesia às oito horas da manhã do dia vinte e quatro de dezembro do ano de 1906, filho ilegítimo de pai incógnito e de Teresa Nogueira de Abreu, solteira, serviçal, natural e paroquiana desta Freguesia, moradora na Rua do Castanheiro, neto paterno de avós incógnitos e materno de Antônio José de Oliveira e de Rosa Nogueira de Abreu, Foi padrinho José Pereira de Almeida, solteiro, familiar, e madrinha Piedade Dias de Oliveira, solteira, os quais todos sei por informação serem os próprios. E para constar lavrei em duplicata este assento que depois de lido e conferido perante os padrinhos, comigo assassinaram, o padrinho não assinando e a madrinha por não saberem ler. O Pároco José Luís Ferreira da Silva.” Escrito à margem: Documento n° 1 Foi perfilhado a 05 de dezembro de 192?, por José Teixeira das Neves, viúvo, proprietário, morador em Frossos, conforme documento anexo de 14 de outubro de 1933. Imãs de Josué: Odete e Alice n. a 26.03 e foi batizada a 02.05.1910, filha natural de Teresa Nogueira de Abreu, solteira, doméstica, etc. Cf. Livro de Batismos. São Paio. Frossos, Etombo. 

 

   Termo de batismo da mãe de Teófilo Teixeira das Neves.

“Aos oito dias do mês de junho de 1856, batizou e pôs os Santos óleos de minha licença o Reverendo Padre Luís de Santa Ana Marques a Ana filha legítima de José Rodrigues Romualdo, e de Bernarda Maria, desta Freguesia, neta paterna de Antônio Joaquim Rodrigues Romualdo e de Maria Dias Francisca, desta Freguesia, e materna de Marcelino Costa e Teresa Maria da Freguesia de São João de Loure. Nasceu a dois do dito mês e ano, e foram padrinhos José Nunes da Silva, do Cruzeiro, e Ana Rodrigues, mulher de Antônio de Almeida Soares, E para constar fiz este assento que assino. O Reitor Manoel de Nunes Praça.” Cf. Livro de Batismos. São Paio. Frossos. Etombo. 

 

   Termo de casamento dos pais de Teófilo Teixeira das Neves.

“Aos vinte e três dias do mês de abril do ano de 1882, nesta Igreja Paroquial de São Paio de Frossos, Concelho de Albergaria a Velha e Diocese de Aveiro na minha presença compareceram os nubente José Teixeira das Neves e Ana Rodrigues da Silva de Melo os quais sei serem os mesmos próprios e me apresentaram um diploma do Prelado da Diocese de Aveiro em virtude do qual o dito Senhor os dispensava de Proclamas e se mostrava ter o nubente justificado suas .?.ias e estado livre, e sem algum impedimento canônico ou civil para o casamento. Ele nubente de vinte e sete anos de idade, solteiro negociante, morador e paroquiano nesta Freguesia de Frossos, natural da Freguesia de Santa Marinha de Alquerubim, Concelho de Albergaria a Velha, Diocese de Aveiro onde foi batizado, e filho legítimo de José Teixeira e de Joana das Neves de Fontes, naturais da supra dita Freguesia de Alquerubim. E ela nubente, de vinte e seis anos de idade, solteira, vendeira, natural e moradora e paroquiana nesta Freguesia de Frossos, onde foi batizada, filha legítima de José Rodrigues Romualdo, natural desta Freguesia, e de Bernarda Maria natural da Freguesia de São João de Loure, do sobredito Concelho e Diocese. Os quais se receberam por marido e mulher e os uni em matrimônio procedendo com todo este ato conforme o Rito da Santa Madre Igreja Católica Apostólica Romana. Foram testemunhas presentes que sei serem os próprios José Gomes de Lemos, proprietário, e Antônio Rodrigues Castanheira, negociante e ambos paroquianos e moradores nesta Freguesia de Frossos, E para constar lavrei em duplicata este assento que depois de lido e conferido presentes os cônjuges e testemunhas, comigo assinaram o cônjuge e as testemunhas e não assinando  a cônjuge por não saberem escrever. O Pároco Encomendado Antônio Soares de Almeida.” Cf. Livro de Matrimônios. São Paio. Frossos, Etombo. 

 

   Termo de batismo de Teófilo Teixeira das Neves. 

“Aos dezenove de março do ano de 1883, nesta Igreja Paroquial de São Paio de Frossos,  Concelho de Albergaria a Velha, Diocese do Porto, fiz os exorcismos e pus os santos óleos a um indivíduo do sexo masculino a quem dei o nome de Teófilo (Theophilo), que nasceu neste lugar e Freguesia  de Frossos pelas seis horas da noite do dia onze do dito mês e ano, o qual em ato consecutivo ao seu nascimento foi batizado em casa em razão do suposto perigo de vida, por Maria de Jesus das Neves. É filho legítimo de José Teixeira das Neves, natural da Freguesia de Alquerubim, do supra dito Concelho e Diocese e de Ana Rodrigues da Silva de Melo, natural desta Freguesia de Frossos, e ambos negociantes, moradores e paroquianos desta Freguesia onde se receberam; neto paterno de José Teixeira e de Joana das Neves de Fontes, e materno de José Rodrigues Romualdo e de Bernarda Maria. Foi padrinho Manoel Rodrigues da Silva Júnior, negociante, e madrinha a dita Maria de Jesus das Neves, os quais sei serem os próprios. E para constar lavrei em duplicata este assento que depois de lido e conferido perante os padrinhos foi por mim assinado, não assinando eles por não saberem escrever. Era ut supra. O Pároco Encomendado Antônio Soares de Almeida.”  Cf. Livro de Batismos. São Paio. Frossos. Etombo. 

 

   Termo de casamento. Teófilo casou-se com 23 anos de idade, e antes do nascimento do seu meio - irmão Josué.

“No dia doze de maio de 1906, na Igreja Matriz, assisti ao contrato matrimonial de Teófilo Teixeira das Neves (Theophilo) com Maria de Araújo Gonzaga, filhos legítimos, ele de José Teixeira das Neves e Ana Rodrigues da Silva de Melo, ela de Tomás de Aquino Gonzaga e Olímpia de Araújo Gama, naturais ele de Frossos de Portugal e ela desta Freguesia de Nossa Senhora da Penha. E para constar fiz este assento que assinei. O Vigário Vicente Salazar da Cunha.” Teófilo faleceu no dia 03 do mês de maio do ano de 1946, com a idade de 63 anos.  Cf. Livro de Matrimônios, Maranguape. familysearch.org. 

                  

  

                                                

Padaria Americana, Benfica. Cf. Eliomar de Lima - apud O Benfica de Ontem e de Hoje” de Francisco de Andrade Barroso/ Foto.  Arquivo do Nirez, Colaboração – Marcos Almeida). 

 

   Teófilo Teixeira das Neves  comprou a Padaria Lusitana (Luzitana) ao Sr. Joaquim Frutuoso do Nascimento nasceu a 16 de abril, em Maranguape, filho de Joaquim Ferreira do Nascimento Júnior, n. 25.01.1846, Soure, Caucaia, e de Felícia Costa do Nascimento.    

Jornal A Constituição. Fortaleza. 09.06.1870.  Joaquim Ferreira do Nascimento Júnior foi nomeado a 09 de junho de 1870, para o lugar de Ajudante do Correio de Maranguape. Jornal Maranguapense. Maranguape, 08.05.1875.  O Estabelecimento de molhados que foi de João Ferreira do Nascimento Gadelha passa a ser do Sr. João Cancio de Araújo, sob a gerência de Joaquim Ferreira do Nascimento Júnior. Maranguape, 18 de abril de 1875.

   Joaquim Frutuoso do Nascimento casou-se (1) a 26 de setembro de 1895, com Maria Façanha do Nascimento, n. 11.05.1876 e + 24.11.1917, filha de Antônio Vitoriano Façanha e de Paulina Façanha.

“Aos vinte e seis de setembro de 1895, na Igreja Matriz, matrimônio de Joaquim Frutuoso do Nascimento, filho legítimo de Joaquim Ferreira do Nascimento Júnior de Joaquim Ferreira do Nascimento Júnior, n. 25.01.1846, Soure, Caucaia, com Maria Façanha, filha legítima de Antônio Vitoriano Façanha e de Paulina Façanha.” Cf. Livro de Matrimônios. Maranguape. familysearch.org. 

  Filhos por Maria Façanha e Joaquim Frutuoso do Nascimento: Edith, Clarice, Edith, Leônidas, Lucídia, Maria Urânia e Dulce. Cf. Livro de Matrimônios. Maranguape. familysearch.org. 

   Joaquim Frutuoso do Nascimento casou-se (2) a 26 de julho de 1919, em casa particular, Maranguape,, com Zulmira Gomes de Oliveira n. 22.03.1870, filha de Laurindo Gomes de Oliveira, n. 07.02.1852, Canindé, e de Maria de Jesus Oliveira, n. 15.03. 1864, Canindé   

  Filha por Zulmira Gomes de Oliveira e  Joaquim Frutuoso do Nascimento, Hélia Nascimento que se casou a a 05 de maio de 1921, com Francisco Fernandes Oliveira, filho de Antônio Fernandes de Oliveira nasceu no dia dois de abril de 1875, Distrito de Braga, e de sua segunda esposa Julieta Cavalcante Titara.  Cf. Francisco Augusto de Araújo Lima. Famílias Cearenses Treze –  Siará Grande – Uma Província Portuguesa no Nordeste Oriental do Brasil. Editora Expressão Gráfica. Fortaleza, 2016. Vol. I. Título Antônio Fernandes de Oliveira.