Blue Flower

Seja benvindo(a)!

Digite o termo na pesquisa conforme o Sumário atual da terceira etapa. Aperte o enter e aguarde o melhor resultado. Após entrar no tema da publicação, busque a palavra do seu interesse usando as teclas Ctrl + f. surgirá uma barra superior onde se deve digitar a palavra chave, p. ex. "Dummar", logo aparecerá ressaltada, com o número de vezes que se acha no texto. 

 

                                                            

                         do Pici. 

 21.10.2020. Fortaleza, Bicampeão cearense. Saudações Tricolores. FAAL.

 

 

                                                                 C,T. Fortaleza. Fonte Foto: Diário do Nordeste.

                                                                                  do Pici. 

   

    A grande Família  Leão do  Pici tem início com o ilustre Alcides de Castro dos Santos que nasceu no dia cinco de novembro de 1889 e não a quatro de novembro como é divulgado, filho de Agapito Jorge dos Santos e Raimunda de Castro Barbosa. Comerciante em Fortaleza, Fundador do Fortaleza Esporte Clube, o glorioso Leão do Pici.  Visite o site http://www.fortalezaec.net/

 

         

Alcides de Castro dos Santos. Fonte foto: Wikipédia.

 

   Ano de 1918 - Alcides de Castro dos Santos, com Humberto Ribeiro, Walter Oslen, João Gentil, Brum Menescal, Oscar Ribeiro, Mário Petter e  outros, fundam o Fortaleza que ao longo do tempo tantas alegrias tem trazido aos seus torcedores. Família Tricolor unida, ama e não odeia o esporte, não deseja mal nem aos seus "hermanos do Canal - Vovô", e deles nunca aliciou jogadores e nem conquistou títulos no TAPETÃO... Isso muito honra os leoninos. Família centenária que torce com PAZ e AMOR. 2019 Série A do Campeonato Brasileiro!

 Termo de batismo:“Aos oito dias de dezembro de 1889, na Igreja Paroquial desta cidade de Maranguape, batizei solenemente o párvulo Alcides, nascido aos cinco de novembro do mesmo ano, filho legítimo de Agapito Jorge dos Santos e de Raimunda de Castro Santos. Foram padrinhos o Cônego Reverendo João Paulo Barbosa e Josefa dos Santos Castro. E para constar mandei fazer este assento que assino. O Vigário Domingos de Castro.”Cf. Livro de Batismos, Maranguape. Ver  http://www.familiascearenses.com.br/index.php/2-uncategorised/115-um-bairro-chamado-damas-genealogia-6-parte 

 

   Alcides Castro Santos casou-se a 14 de abril de 1917, em casa particular, território da Paróquia de N. Senhora do Carmo, Fortaleza, com Elizabeth Pettra Bernade, Elizabeth Petter, f. de John Petter Bernarde e de Maria de Lima Bernarde. Testemunhas, o Doutor Manoel Sátiro e Demétrio de Castro Menezes. Pais de:

  A. Maria Elizabeth nasceu a 07 de fevereiro de 1925, batizada a 17 de março seguinte, sendo padrinhos, Mário Petter e Albina Chaves de Lima. D. Maria Elizabeth casou-se a 07 de fevereiro de 1947, na Igreja do Carmo, com o Doutor Lauro de Oliveira Lima, n. Limoeiro do Norte, 25 anos de idade, filho de Mamede de Oliveira Lima e de Anacleta de Oliveira Lima. Testemunhas, Alcides de Castro Santos e Manfredo de Oliveira Lima. O professor Lauro de Oliveira Lima fundou o Ginásio Agapito dos Santos, na Avenida Tristão Gonçalves, 1409, Fortaleza, juntamente com os Professores Mozart Sobreira Bezerra e Ivan Vieira Ramos. O estabelecimento de ensino foi fechado no mês de fevereiro de 2006.

B. Alcides nasceu a 28 de dezembro de 1917.

C. Abelardo nasceu a 15 de setembro de 1926 e foi batizado na Igreja do Carmo pelo Monsenhor Antônio Tabosa Braga, a 13 de dezembro do mesmo ano. Padrinhos, o Doutor Manoel Sátiro e sua mulher Angelzinda dos Santos Sátiro, Dona Zindoca. Abelardo casou-se a 14 de maio de 1954.

D. Amílcar Petter Santos nasceu a 18 de maio de 1923, batizado a 02 de setembro seguinte, sendo padrinhos Pedro Rique Gurgel Nogueira e Filomena de Oliveira. Amílcar casou-se {21 anos} a 18 de maio de 1944, na Igreja do Carmo, com Maria José Aires de Souza, n. Fortaleza, batizada no Curato da Sé, 15 anos de idade, filha de Francisco Hermínio de Souza e de Risoleta Aires de Souza.

 

                                         

                Primeiro Time do Fortaleza (Estrela) Futebol Clube 1918. Fonte: José Augusto de Araújo Lima. 

                 

   Moacir Machado (n. Fortaleza, ??) mais conhecido somente como Moacir, é um ex-futebolista brasileiro, que jogou no Fortaleza Esporte Clube, na década de 1920 como zagueiro atuando do lado do seu irmão Caranã (Jurandir Machado), sendo uma família de esportistas. Foi campeão cearense de 1920,19211923192419261927 e 1928Foi considerado o melhor jogador cearense de todos os tempos, e por isso cobiçado por grandes equipes, mesmo de fora do estado. Em 1934 participou, junto a outros atletas como seu irmão Jandir Machado, Othon Sobral, Paulo Araújo, José Lemos e Raimundo Cals, da fundação do Gentilândia Atlético Clube, no bairro de mesmo nomeSeus filhos Valci e o Caubi também foram jogadores.  

  1. Jornal O. Dia 31 maio de 1975. «História dos times» Imagem jpg) Consultado em abril de 2011. 
  2. José de Oliveira Ramos (15 de março de 2009). «Gentilândia - o primeiro rubro negro do Ceará». Jornal Pequeno, Edição 22,909 » Esporte. Consultado em abril de 2011.

       Moacir Machado c.c. Valdenora Capibaribe Machado, pais de Walsi, n. 29.11.1928 e batizado a 17.01.1929, na Igreja do Carmo, pelo Monsenhor Antônio Tabosa Braga. Padrinhos, Antônio Capibaribe e Cleobolina Machado. Valsi, Walsi casou-se a 03.02.1951, na Igreja dos Remédios, com Laurisa Monteiro Machado, n. Umari, Ceará, 24 anos de idade, residente na Parangaba, e filha de Laurino Monteiro Machado e de Luíza Bravos Machado (?).  Livro de Batismos, Fortaleza.   Livro de  Matrimônios. Fortaleza.    

   O Orion Football Club foi uma agremiação da cidade de Fortaleza, Ceará.  Fundado em um sábado, dia 1º de Junho de 1929, por ex-dirigentes e ex-jogadores do Fortaleza E. C. até então desligado da Associação Desportiva Cearense (A.D.C.), liderados pelos Senhores Juracy Machado, Jandir Machado, Caranã Machado e Moacir Machado, que  foi o primeiro presidente.

  João Eusébio Monte c.c. Maria José Ferreira, pais de Aírton Teixeira Monte, n. 09 de dezembro de 1926, e foi batizado a 23.01.1927, na Igreja do Carmo pelo Padre Frei Cirilo de Bérgamo. Padrinhos, José Ubirajara Xavier de Castro e Alaide Jathay.

  Aírton casou-se a 03 de abril de 1948, pelas quatro horas da tarde, na Igreja dos Remédios, com Valdecir Capibaribe Machado, 21 anos de idade, n. Fortaleza, 11.01.1927, batizada a 06 de fevereiro seguinte, na Igreja do Carmo, pelo Cônego José Alves Quinderé. Padrinhos, Joaquim Carneiro e Vitória da Costa Carneiro.

  Valdecyr filha de Moacir Machado e de Valdenora Machado. Cf. Livro de Batismos - Matrimônios. Fortaleza. 

Antônio Aírton Machado Monte, nasceu a 16 de maio .1949, Fortaleza, filho de Aírton Teixeira Monte e Valdeci Machado Monte médico psiquiatra, jornalista, contista, poeta. Fundou as revistas O Saco e Arsenal de Literatura. Idealizador do Grupo Siriará de Literatura. Publicou: O Grande Pânico (1970), Memórias de Botequim (1980), Homem Não Chora (1981), Alba Sanguínea (1983). Também dramaturgo: Menestrel. Fonte: Revista Instituto do Ceará-2010.  

 “Aos 29 dias do mês de maio de 1949, na Igreja de Nossa Senhora dos Remédios, batizei solenemente a Antônio Aírton, nasceu a 16 de maio do ano citado de 1949, filho de Airton Teixeira Monte e de Dona Valdecir Machado Monte. Foram padrinhos, Valcir Machado e Adaísa Gaspar de Oliveira Silva.” Fco. Augusto Augusto, Fortaleza, 10.11. 2018. genealogia@familiascearenses.com.br