Blue Flower

Seja benvindo(a)!

DIGITE O TERMO NA PESQUISA, APERTE O ENTER E AGUARDE O MELHOR RESULTADO!

                       Os mortos estão invisíveis, mas não ausentes. Santo Agostinho. 

 A principal rota de navegação foi a de Portugal continental (portos de Lisboa, cidade do Porto e Viana do Castelo,) com destino a Recife, Pernambuco. Parada obrigatória nos Açores. Outra rota, Portugal, São Luís do Maranhão, pouco contribuiu para o re-povoamento do Siará Grande.

 Naturalidade dos Portugueses Pioneiros na Colonização do Siará. 1700/1850.  Em %.

Braga - Norte. 21,89.

Porto – Norte 16,27.

Lisboa – Norte  e Centro 14,96.

Açores = 12,23.

Ilha de São Miguel  9,25.

Ilha Terceira 2,98.

Viana do Castelo – Norte 8,08.

Não encontrada. 4.60.

Vila Real - Norte  4,04.

Coimbra - Centro 2.32.

Viseu – Centro e Norte 2,27.

Leiria - Centro. 1.92.

Aveiro - Norte e Centro. 1.87,

Santarém – 1/3 é Centro. 1,51.

Beja – Alentejo. 1.01.

Ilha da Madeira.  1,01.

Évora – Alentejo. 1,72.

Setúbal - Estremadura e do Baixo Alentejo.  0.90.

Guarda - Centro e Norte. 0.60.

Faro – Algarve - Sul. 0,50.

Bragança - Norte. 0.45.

Portalegre – Alentejo 0.45.

Castelo Branco - Centro 0.15.

Sub-total - 98.69.

Ex Colônias. 1,31.

Angola, excluídos os escravos.

Cabo Verde, atual República do Cabo Verde, África.

São Tomé e Príncipe, Ilha do Príncipe, Arquipélago de São Tomé e Príncipe.

Costa da Mina =  GanaTogoBenin e Nigéria.

Fonte: Livros Eclesiais da Igreja Católica Apostólica e Romana. Pesquisa: Fco. Augusto de Araújo Lima.

 

Distribuição Geográfica dos Colonizadores Portugueses na Província do Siará. 1700/1850. Em %.

Bispado de Fortaleza. 25,20.

Fortaleza, Aquiraz, Siupé, São Gonçalo do Amarante, Caucaia, Cascavel, Maranguape,     Baturité, Uruburetama, Canindé, Trairi.

Bispado de Limoeiro do Norte. 23.00.

Aracati, Russas, Jaguaruana, Jaguaretama, São João do Jaguaribe, Morada Nova.

Bispado de Iguatu. 18.50.

Icó, Jaguaribe, Lavras da Mangabeira, Iguatu, Inhamuns, (Jucás, Arneiroz, Tauá). 

Bispado de Sobral. 14,20. 

Sobral, Acaraú, Granja, Meruoca, Groaíras, Santana do Acaraú,  Santa Quitéria, Bela Cruz. 

Bispado do Crato, Cariri Cearense. 11,00. 

Missão Velha, Milagres, Crato, Barbalha, Mauriti, Porteiras, Jardim.

Bispado de Itapipoca. 4,50.

Amontada, Itapipoca, Itarema.

Bispado de Quixadá. 2,70.

Quixeramobim, Quixadá, Mombaça.

Bispado de Tianguá. 0,90.

Guaraciaba do Norte, São Gonçalo da Serra dos Cocos, Viçosa do Ceará, Crateús.

Século XVIII – Re-povoamento do Siará Grande. - Participação de Portugal e do Nordeste. % por Nº de Pessoa. Portugal/Nordeste.                                   

Portugal -----   12,96.

Pernambuco --32,23.

Paraíba --------19,81.

Bahia ---------  14,11.

Rio G. Norte - 8,43.

Alagoas ------   5,15.

Sergipe -------  4,97.

Piauí   --------  1,92.

Maranhão --   0,92.

Total                100,00%

Fonte:  Fco. Augusto de Araújo Lima, Framílias Cearenses 7 - Ipueiras dos Targinos, Ed. Artes Digitais, Fortaleza, 2006. 420 p.  Cf. Livros Eclesiais da Igreja Católica Apostólica Romana. Pesquisa: Fco. Augusto de Araújo Lima. Siará Grande - Uma Província Portuguesa no Nordeste Oriental do Brasil.  Editora Expressão Gráfica, Fortaleza, 2016.  Volume I, p.09. Faal.01.08.2018.