Blue Flower

Seja benvindo(a)!

DIGITE O TERMO NA PESQUISA, APERTE O ENTER E AGUARDE O MELHOR RESULTADO!

  

   Frutuoso Soares Barbosa, Meirinho Geral da Ouvidoria,  nasceu em Recife, Pernambuco, provavelmente descendente de Frutuoso Barbosa. Casou-se com Comba Saraiva Bittencourt, que n. Recife, Pernambuco. Frutuoso faleceu a 30 de julho de 1743, assassinado pelo mameluco João Fagundes, a mando de Bento da Silva Oliveira, Primeiro Capitão Mor do Icó e de Duarte Pacheco Pimentel, por questão de disputa de terras com Quitéria de Montes e Silva, casada com Florentino de Oliveira Silva, cujo genro, Francisco Martinho Barbosa Soares era filho da vítima, o Meirinho Geral. A 02 de junho de 1750, os mandantes foram absolvidos.  

   Filhos por Comba e Frutuoso Soares Barbosa. 1.-4.

1. Francisco Martinho Barbosa Soares nasceu na Freguesia da Boa Vista, Recife, Pernambuco. Casou-se com Teresa de Montes e Silva, n. no Sítio do Pilar, Icó, filha de Florentino de Oliveira Silva e de Quitéria de Montes e Silva. Teresa faleceu a 21 de fevereiro de 1769, no Icó. Cf. Li3-185v,238v, 242,276,281,314 - Li5-19v - Li7-01v,106v.

   Filhos por Teresa e Francisco Martinho. 1.1.-1.3.

1.1. Frutuoso, n. 1763 e foi batizado a 16 de março de 1763 na Igreja Matriz de N. Senhora da Expectação do Icó, sendo padrinhos, o Dr. Constantino Soares Barbosa PP. ao Tenente Coronel Manoel Ribeiro Campos e D. Bernardina Tomásia Pereira, tia paterna do batizando.

1.2. Joaquim nasceu a 12 de agosto de 1766, e batizado (no termo não consta dia e mês) no ano de 1766, sendo padrinhos o Coronel Manoel Gomes Barreto, do Banabuiú e sua avó materna, já viúva.

1.3. Comba nasceu a 03 de outubro de 1765, e foi batizada a 05 de novembro seguinte, na Igreja Matriz de N. Senhora da Expectação do Icó. Padrinhos, ilegível.

 

2.  Francisca Comba Saraiva  viveu com, Antônio José Quaresma , n. Pernambuco. Filhos: 2.1.- 2.2.

2.1. Brasia, nasceu a 17 de junho de 1785, e batizada a 20 do mesmo mês e ano, na Igreja Matriz do Aracati, ref. filha natural. Padrinhos, o Capitão José Ribeiro Freire e Teresa de Jesus.

2.2. Mariana nasceu a 02 de julho de 1787, batizada a 11 seguinte, na Igreja Matriz do Aracati, ref: filha natural. Padrinhos, o Capitão Mor José Gomes dos Santos e Mariana de Jesus Maria.

3. Mariana de Passos Barbosa.

4. Ludovico, batizado a 14 de outubro de 1737.

                                                                      

5. Bernardina Tomásia Pereira, filha natural da mãe com Veríssimo Tomás Vieira. Cf. LA2-34v. A 03 de janeiro de 1762, é madrinha na Capela do Rosário do Aracati.

   Veríssimo Tomás Vieira nasceu no mês de outubro do ano de 1709, Lisboa, filho de Francisco Rodrigues Viana e de sua segunda mulher, Teresa Maria da Encarnação, ambos de Lisboa. Viveu com Comba Saraiva Bittencourt, n. Recife, Pernambuco, viúva de Frutuoso Soares Barbosa.

   Veríssimo casou-se (2) com Sancha Teixeira Varela, n. 1740, Sobral, Ceará, batizada a 09.02.1740, filha de Manoel Teixeira Varela e de Teresa de Jesus Vasconcelos. Veríssimo faleceu em 16.07.1754. A viúva Sancha casou-se (2) a 25.08.1755 com Zacarias de Souza Marinho. Manoel Teixeira Varela casou-se com Teresa de Jesus, a 30.08.1739, ela viúva de Domingos Ferreira Pinto, (irmão de Manoel Ferreira Fonteles) ambos filhos de Domingos Velho da Cruz e de Maria Ferreira Pinto. Teresa de Jesus filha de Cosme Frazão de Figueiroa e de Maria Coelho de Vasconcelos, foram pais de uma única filha a citada Sancha Teixeira Varela. Manoel Teixeira Varela faleceu a 14.04.1741 e Teresa de Jesus casou-se (3) no ano de 1744 com João Carneiro da Costa, filho de Diogo da Costa Calheiros e de Joana Carneiro Brito.

                                         Termo de Batismo de Bernardina Tomásia Pereira.

“Aos dois dias de julho de 1743 annos, nesta Matriz da Villa do Achirâz, batizei BERNARDINA, filha natural do Capitão Veríssimo Thomâz Vieira e de Comba Saraiva Bittencourt, viúva, e lhe pûz os santos óleos forao Padrinhos o Capitão José Soares e sua mulher Francisca Lopes de Faria”.

Termo de batismo de Veríssimo Tomás Pereira.

“Em dez de outubro de 1709, batizou o Padre Coadjutor, Antônio do Espírito Santo, a Veríssimo, filho de Francisco Rodrigues Viana e de sua mulher Teresa Maria; foram padrinhos, o Doutor José Barbosa, e madrinha por procuração Rosa Maria Josefa. O Padre Cura Manoel de Aguiar Madres.” 

                                                                   

    Bernardina Tomásia Pereira casou-se 15 de fevereiro de 1764, na Capela de São José da Vila do Aracati, com Francisco Teixeira Magalhães e Almeida, Capitão, n. 1730, no lugar São João Batista, Concelho de Vila Pouca de Aguiar, Distrito de Vila Real, Portugal, filho de Antônio Pinto Borges e de Maria Magalhães Carneiro Fontoura. Francisco faleceu no mês de janeiro de 1770. Bernardina Florência, solteira, é madrinha LA2-36v – a 18.01.1762, na Capela do Rosário do Aracati. Testemunhas na cerimônia de casamento, Sargento Mor José Rodrigues Pinto e o Capitão Luís José de Mendonça. No termo de casamento consta somente o nome da mãe da noiva, confirmando ser a mesma, filha natural de Dona Comba Saraiva Bittencourt, viúva de Frutuoso Soares Barbosa. Na margem do livro, existe uma nota manuscrita de Soares Bulcão.

Filhos: 5.1.-5.3.

5.1. Francisco Teixeira de Magalhães n. 1766 casou-se no ano de 1798, com Vitória de Dormond, filha de Cosme Leitão Arnoso e de Laura Maria de Jesus Leitão. Segundo o Barão de Studart, Diccionario Biobliographico, 1° vol. p. 82, "cujos progenitores (pais da Laura Maria) foram, se diz, vitimas do despotismo brutal do Marquês de Pombal." É mais uma descendente do Marquês de Távora, perseguida no sertão cearense. Mas esta família não levou a sério tal história, por ridícula e absurda, os seus filhos e netos a esqueceram. Cosme Leitão Arnoso casou-se a 09.10.1767 na Igreja Matriz de N. Sra. do Rosário de Russas, sendo testemunhas, o Reverendo Padre Mestre Estanislau de Santa Clara e o Reverendo Padre José Antônio de Souza Galvão. Pais de nove filhos anotados.

5.1.1. Francisca Umbelina de Magalhães, n. na Freguesia de Quixeramobim. Casou-se a 11.05.1814, na Capela de Boa Viagem, Ceará, com Bernardo Marinho Falcão, natural do Riacho do Sangue, Jaguaretama, filho de Manoel de Melo Pereira e de Teresa Maria de Melo. Cf. Livro de Matrimônios de Santo Antônio, Quixeramobim. familysearch.org. 

 

5.2. Ana Dorotéia de Magalhães,6 n. 1770, ref: 10 filhos, casou-se com José Pereira do Ó, n. Freguesia de Russas, filho de Cosme Leitão Arnoso e de Laura Maria de Jesus Leitão. Ana faleceu em 28.08.1861 e José em f. 21.04.1845. Ver descendência 10 filhos em História de Canindé, Augusto C. M. Pinto, Ed. Realce, Fortaleza, 2003, p. 279.

Filhos: 5.2.1.- 5.2.2.

5.2.1. Francisco, n. 29.07.1796, batizado a 28.08.1796, na Capela do Canindé, Padrinhos, Simão Barbosa Corde iro e sua mulher Mariana Francisca Saraiva. Batizado pelo Frei José de Santa Clara, em desobriga.

5.2.2. José Pereira do Ó,7 casou-se com Isabel Maria de Jesus.

Filhos: 5.2.2.1.- 5.2.2.3.

5.2.2.1. Maria n. 28.08.1842, na Freguesia do Quixeramobim, batizada a 25.09.1842, no Oratório da Fazenda do Espírito Santo. Padrinhos, Antônio Domingos Alves e Ana Dorotéia de Magalhães (avó paterna da batizanda), PP que apresentou Luíza Maria da Conceição. Batizou o Padre Joaquim Cordeiro da Rocha.

5.2.2.2. Maria n. 15.02.1848, na Freguesia do Quixeramobim, batizada a 20.04.1848, no Oratório da Fazenda do Espírito Santo. Padrinhos, Antônio Domingos Alves e Luíza Maria de Jesus batizou: o Padre José Rufino Soares

5.2.2.3. Ana n. 26.11.1846, 31.12.1846, Fazenda do Espírito Santo. Padrinhos, Antônio Francisco Magalhães e Ana Barbosa Cordeiro Padre José Rufino Soares, batizou

5.3. Mariana Francisca de Paula Saraiva Bittencourt n.na Freguesia de N. Senhora da Palma, cidade de Baturité, casou-se no ano de 1786, com Simão Barbosa Cordeiro, Tenente General, filho de Francisco Simões Tinoco e de Ana Barbosa Cordeiro. Mariana faleceu em 11.07.1864. Simão, neto paterno de Domingos da Costa Tinoco, natural do Concelho de Montalegre, Distrito de Vila Real e de Maria Simões, de Penedo, Alagoas. Neto materno de Frutuoso da Costa Cordeiro e de Francisca Barbosa.

Filho: 5.3.1.

5.3.1. Manoel, n. 17.03.1797, batizado a 20.03.1797, na Freguesia do Canindé, Ceará. Padrinhos, José Pereira do Ó e sua mulher Ana Dorotéia. Batizado pelo Padre João José Vieira.

Fonte: Li3-94v,281 - LA2-34v,36v,139 - LA3-83,128 Barão de Studart, RIC, 1923, p. 281, 335 2 Li3-185v,238v,242,276,281,314 - Li5-19v - Li7-01v,106v 3 LA3-83,128. História de Baturité, Vinícius Barros Leal, Sec. de Cultura, Fortaleza, 1981, p. 246. Cf. Cronologia Sobralense, 1° vol. p. 102,148. Ed. Cearense, Fortaleza,1974, Cônego Francisco Sadoc de Araújo – Viagem pela  História de Canindé, Augusto C. M. Pinto, Ed. Realce, Fortaleza, 2003, p.45.  4 LA2-36v,139 - Viagem pela História de Canindé, Augusto C. M. Pinto, Ed. Realce, Fortaleza, 2003, p.45  5 LA2-139 - LR1-125  6 LSJRibamar5-33v  7 LQuixe16-05,354v,419 - LA2-139 - LR1-125 - LQ1-29,48v. Cf. Francisco Augusto de Araújo Lima. Siará Grande – Uma Província Portuguesa no Nordeste Oriental do Brasil. Editora Expressão Gráfica, Fortaleza. 2016. Volume IV. p. 2272. Cf. Publicação original, Fco. Augusto de Araújo Lima, Famílias Cearenses 7 - Ipueiras dos Targinos, Ed. Artes Digitais, Fortaleza, 2006. 420 p.  Francisco Augusto de Araújo Lima, Re - publicação. 30 de dezembro de 2018, genealogia@familiascearenses,com.br  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.