Blue Flower

Seja benvindo(a)!

DIGITE O TERMO NA PESQUISA, APERTE O ENTER E AGUARDE O MELHOR RESULTADO!

   

      Árvore de Costado Família Telles de Menezes.                                   

                                                  

   Por Fco. Augusto de Araújo Lima – Tupancy, Eusébio, Ceará, 20 junho de 1997. In memoriam Francisco Gerardo de Souza. Editado a 18 de janeiro de 2019. Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.  faal.ww@gmail.com

 

  1. Raymundo Guttenberg Telles, Comerciante, nasceu a 04 de junho de 1887, em Santana do Acaraú, Ceará. Termo de batismo.  “Aos quinze de junho de 1887, nesta (Igreja) Matriz (de Santana do Acaraú) batizei solenemente a Raimundo, filho legítimo de Manoel Telles de Menezes e de Constança Maria do Carmo de Menezes, nascido a quatro do dito mês e ano; sendo padrinhos Alexandre José Soares e Francisca Carolina Cavalcante, representados por José de Hollanda e Maria Delmira Soares; do que para constar mandei fazer este assento que assino. O Vigário Colado Francisco Xavier Nogueira.” Cf. Livro de Batismos, Santana do Acaraú. 

   Raymundo Guttenberg Telles casou-se a 27 de julho de 1929, em Fortaleza, com Dona Acy da Costa Freire, que nasceu na cidade da Fortaleza, filha de Francisco da Costa Freire e de Raimunda Soares Burlamaqui. Origem piauiense, famílias Burlamaqui e Castelo Branco.

   Família BURLAMAQUI: Cf. Edgardo Pires Ferreira, Os Castelo Branco, Ed. Linear B, SP. 2008, p. 155.

A-  Acy Burlamaqui da Costa Freire filha de:

B- Raymunda Soares Burlamaqui nasceu em Oeiras, Piauí, filha de Ana Soares e de Coriolano César Burlamaqui. Casada com Francisco da Costa Freire.

Avós maternos de Acy Burlamaqui da Costa Freire.

C- Coriolano César Burlamaqui nasceu em Oeiras, Piauí, filho de Tibério César Burlamaqui e de Raimunda César de Melo. Pais de Milton, Tibério e de Raymunda.

Bisavós maternos de Acy Burlamaqui da Costa Freire.

D- Tibério César Burlamaqui nasceu em 1810, Oeiras, Piauí e faleceu a 24 de setembro de 1863. Cego aos 16 anos, Chefe do Partido Liberal, Piauí, rico comerciante. Filho de Carlos César Burlamaqui e de Maria Benedicta Castello Branco. Casou-se com Raimunda César de Melo, n. 1819 e falecida a 23 de novembro de 1860, Oieiras, Piauí.

Trisavós maternos de Acy Burlamaqui da Costa Freire.

E- Carlos César Burlamaqui nasceu no ano de 1775, em Lisboa e faleceu a 23 de maio de 1844, na cidade do Rio de Janeiro. Coronel do Exército Português, Governador do Piauí, 1806 / 1810, filho de Ippólito Burlamaqui e de Mathilde Valentina Pedegache. Carlos casou-se com Maria Benedicta Castello Branco, filha do Coronel e Ouvidor de Oieiras, Antônio Pereira da Silva Filho e de Ana Pulcheria de Monte Serrate Castello Branco.

Tetravós maternos de Acy Burlamaqui da Costa Freire.

F- Ippólito Burlamaqui nasceu em Lucca, (Santa Gemma), Toscana, Itália, e faleceu na cidade de Lisboa, Portugal, onde se casou com Mathilde Valentina Pedegache, que nasceu no ano de 1738 e foi batizada a 08 de março de 1738, na mesma cidade que faleceu Lisboa, Portugal, a 28 de dezembro de 1816.

                  

   Acy Burlamaqui da Costa Freire e Raymundo Guttenberg Telles.

           Pais de 1.1.-1.5.

1.1. Constança Freire Telles Távora nasceu 28 de julho de 1931. Casou-se a em Fortaleza, a 03 de dezembro de 1956, com o Engenheiro Civil Amílcar de Morais Fernandes Távora, nasceu a 11 de abril de 1920, em Fortaleza, filho do médico Manoel do Nascimento Fernandes Távora e de Carlota Augusta de Morais. Com geração. Ver Árvore de Costado Távora.

1.2. Francisco Freire Telles nasceu 06 de fevereiro de 1933, casado com Sarah Távora de Castro, com geração.

1.3. Margarida Maria Telles nasceu 08 de agosto de 1934, em Fortaleza, casou-se com Luciano Campos Magalhães nasceu em João Pessoa, Paraíba. Eng° Agrônomo, 1951, UFC, Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais e político de expressão, filho de Josa Magalhães e de Aurélia Campos. Cassado pelo AI-5, a 16 de janeiro de 1969. Com geração.

Luciano Campos Magalhães descende do Capitão Francisco Teixeira Magalhães e Almeida, que nasceu c.1730 em São João Batista, Capeludos, Vila Pouca de Aguiar, Vila Real, Portugal e faleceu no mês de janeiro de 1770 em Canindé, Ceará. Francisco Teixeira Magalhães e Almeida, filho de Antônio Pinto Borges, Doutor e de Maria Magalhães Carneiro Fontoura. Casou-se a 15 de fevereiro de 1764, na Capela de São José, da Vila do Aracati, tendo por testemunhas, o Sargento Mor José Rodrigues Pinto e o Capitão Luís José de Mendonça, com Bernardina Tomásia Pereira, batizada a 02 de julho de 1743, na Igreja Matriz de Aquiraz, filha do Capitão Veríssimo Tomás Pereira, solteiro, e de Comba Saraiva Bittencourt, viúva. Padrinhos o Capitão José Soares e sua mulher Francisca Lopes de Faria.

. No termo de casamento consta somente o nome da mãe da noiva, sugerindo ser Bernardina, filha natural de D. Comba Saraiva Bittencourt, viúva de Frutuoso Soares Barbosa, Meirinho Geral da Ouvidoria, assassinado a 30.07.1743, na Vila do Icó, pelo mameluco João Fagundes, a mando de: Bento da Silva Oliveira, 1º Capitão Mor do Icó e de Duarte Pacheco Pimentel, sogro de Vitorino Pinto de Mendonça, doutor, 4º Ouvidor do Ceará. Veríssimo Tomás Vieira, batizado a de dez de outubro do ano de 1709, em Lisboa,  pai biológico de Bernardina Tomásia Pereira, antes de falecer a 16 de julho de 1754, no seu inventário, reconhece a filha. Veríssimo filho de Francisco Rodrigues Viana e de Teresa Maria da  Encarnação, casou-se a 10.11.1751 com Sancha Teixeira Varela, batizada a 09.02.1740, filha de Manoel Teixeira Varela e de Teresa de Jesus Vasconcelos, casados a 30.08.1739. Cf. LA2-139 - LR1-125 - LQ1-29,48v - Cônego Francisco Sadoc de Araújo, Cronologia Sobralense, 1º Vol. p. 102, 127.

1.4. Manoel Afonso Telles nasceu 05 de outubro de 1935, Fortaleza. Casou-se com Maria Luíza Macário, com geração.

1.5. Diva Telles de Souza nasceu 23 de setembro de 1937, Fortaleza. Casou-se na Igreja de Cristo Rei, Fortaleza, na manhã do dia 29 de junho de 1958, [às 10 h, mesma hora do jogo Brasil x Suécia, 1ª Copa do Mundo FIFA brasileira], com Francisco Gerardo de Souza nasceu a 03 de novembro de 1929, em Fortaleza, Ceará, Engenheiro Agrônomo pela Universidade Federal do Ceará, 1951. Médico Veterinário, formado pela Universidade Estadual do Ceará, 1966. Professor de Solos, Escola de Agronomia da UFC, nas suas propriedades desenvolveu agro negócios em Santana do Acaraú e titular da Tectus S/A Comércio e Administração. Termo de Batismo.Gerardo nascido a três de novembro de 1929, filho legítimo de Miguel Orcel de Araújo Filho e Umbelina (Bila) Soares de Araújo, foi solenemente batizado pelo Padre Luís Gussenhoven, a 23 de novembro de 1929, sendo padrinhos José Ayres de Souza e Elvira Ayres de Souza. E para constar mandei fazer este assento que assino. Vigário Interino Pedro Vermeulen.”  Cf. Livro de Batismos, N. S. do Carmo, Fortaleza.  Cf. Francisco Augusto de Araújo Lima. Famílias Cearenses Zero – SOARES e ARAÚJOS no VALE do ACARAÚ. 2ª Edição. Ed. Expressão Gráfica. Fortaleza. 2011. p. 225.

        

     Pais de Raymundo Guttenberg Telles 2.-3.

  1. Manoel Teles de Menezes nasceu a 27 de dezembro de 1833, em Santana do Acaraú, Ribeira do Acaraú. Casou-se (1) a 04 de outubro de 1856, com Constança Umbelina do Carmo de Souza, álibi Constança Anastácio de Souza, que faleceu a 30 de julho de 1874, filha de Francisco Anastácio de Souza Vasconcelos e de Umbelina Ferreira da Costa. Manoel casou-se (2) a 03 de junho de 1875, na Igreja Matriz de Santana do Acaraú, com Isabel Genuína Cysne, que faleceu a 02 de julho de 1878, filha de José Antônio do Espírito Santo Cysne e de Rita do Espírito Santo. Termo de casamento.“Aos três de junho de 1875, nesta Matriz (de Santa do Acaraú), feitas as denunciações, sem impedimento, em minha presença e sendo testemunhas, Francisco Anastácio de Maria e João Ribeiro Pessoa Montenegro, contraiu matrimônio Manoel Telles de Menezes, viúvo que ficou por falecimento de Constança Umbelina do Carmo, com Isabel Genuína da Conceição, filha legítima de José Antônio do Espírito Santo Cysne e de Rita Genuína, já falecida, ambos naturais e moradores nesta Freguesia, e logo lhes foram dadas as bênçãos nupciais na forma do Ritual; do que para constar foi feito este assento que assino. O Vigário Colado Francisco Xavier Nogueira.” Cf. Livro de Matrimônios. Santana do Acaraú. 

   Manoel Telles de Menezes casou-se (3) a 30 de julho de 1879, na Igreja Matriz de Santana do Acaraú, com Constança Maria do Carmo Ferreira da Costa, (de Holanda Cavalcante). Termo de casamento. “Aos trinta de julho de 1879, nesta Matriz (de Santana do Acaraú) feitas às denunciações sem impedimento, em presença do Reverendo Diogo José de Souza Lima, de minha licença, e sendo testemunhas Joaquim Guilhermino de Maria Costa Cisne e Antônio Telles de Menezes, contraiu matrimônio Manoel Telles de Menezes, viúvo por falecimento de Isabel Genuína de Menezes, com Constança Maria Cavalcante, filha legítima de José de Holanda Cavalcante e de Teresa Guilhermina Cavalcante, ambos naturais e moradores desta Freguesia, e estavam dispensados dos parentescos que os ligavam; e logo lhes foram dadas as bênçãos nupciais na forma do Ritual; do que para constar foi feito este assento que assino. O Vigário Colado Francisco Xavier Nogueira.” Cf. Livro de  Matrimônios Santana do Acaraú. 

   Manoel casou-se (4) a 26 de maio de 1888, com Isabel Marciolina de Holanda, irmã da terceira esposa, nasceu a 24 de abril de 1861, em Santana do Acaraú e faleceu a 04 de agosto de 1937, filha de José de Holanda Cavalcante e de Teresa Guilhermina de Souza. Manoel Teles de Menezes faleceu em 11 de agosto de 1916. Termo de casamento.“Aos vinte e seis de maio de 1888, nesta Matriz (de Santana do Acaraú) feitas às denunciações sem impedimento, em minha presença e das testemunhas, Manoel C. Cavalcante e João Ribeiro Pessoa Montenegro, contraiu matrimônio Manoel Telles de Menezes, viúvo que ficou por falecimento de Constança Maria do Carmo Menezes,com Isabel Marciolina, filha legítima de José de Holanda Cavalcante e de Teresa Guilhermina Cavalcante, já falecida, ambos naturais e moradores desta Freguesia, e estavam dispensados dos parentescos que os ligavam; e logo lhes foram dadas as bênçãos nupciais na forma do Ritual; do que para constar foi feito este assento que assino. O Vigário Colado Francisco Xavier Nogueira.” Cf. Livro de  Matrimônios de Santana do Acaraú. 1885/1895. 34.

  1. Constança Maria do Carmo Ferreira da Costa nasceu a 13 de junho de 1860, na Freguesia de Sobral e faleceu a 11 de junho de 1887, filha de José de Holanda Cavalcante e de Teresa Guilhermina de Souza.

       

          Avós de Raymundo Guttenberg Telles 4.-5. e 6.-7.

  1. Antônio Irineu Telles da Frota ou Antônio Irineu Telles de Menezes nasceu em Sobral, Ceará. Cf. Os Frotas, Padre José da Frota Gentil, RJ, 1967, p.749. Inácio filho de Gabriel Telles de Menezes e Maria da Conceição, nasceu a 30 de janeiro de 1804, e foi batizado a 26 de fevereiro do dito ano, na Capela de São José do Patriarca, Sobral, pelo Padre Antônio Carneiro de Albuquerque. Padrinhos, o Sargento Mor Luís Francisco Braga e sua mulher Dona Margarida Francisca das Chagas. Cf. Livo de Batismos, Sobral. 1803/1806. familysearch.org. 61,62.
  2. Francisca Maria da Soledade de Vasconcelos, filha de José Francisco de Vasconcelos e de Teresa Maria da Soledade, residentes em Tianguá, Planalto da Ibiapaba.
  3. José de Holanda Cavalcante nasceu na Freguesia de Sobral. Casou-se a 26 de junho de 1849, na Povoação de Santana, Freguesia do Acaraú, com Teresa Guilhermina de Souza. Termo de casamento.“Aos vinte e seis de junho de 1849, na Povoação de Santa Ana desta Freguesia, (do Acaraú) depois de feitas as denunciações na forma do Sagrado Concílio de Trento, sem haver impedimento, em presença do Padre Antônio dos Santos de Andrade, de licença minha, e das testemunhas, José Pedro Ferreira da Costa e Sabino Ferreira da Costa, se casaram solenemente José de Holanda Cavalcante (Olanda), filho legítimo de Arnaud de Holanda Cavalcante e Joaquina Maria da Conceição, já falecida, com Teresa Guilhermina de Souza, filha legítima de Diogo José de Souza e Constança Maria do Carmo, naturais e moradores desta Freguesia. E logo receberam as bênçãos conforme os Ritos e Cerimônias da Santa Madre Igreja; e para constar fiz este assento que assino. O Vigário Antônio Xavier Maria de Castro.” Cf. Livro de Matrimônios de Sobral. 
  4. Teresa Guilhermina de Souza nasceu na Freguesia de Sobral.

        

       Bisavós de Raymundo Guttenberg Telles. 8.-15.

  1. Gabriel Telles de Menezes nasceu a 05 de janeiro de 1777. Casou-se a 09 de novembro de 1797, na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição da Vila de Sobral, com Maria da Conceição. Presentes, o Padre Joaquim da Costa Mendonça, as testemunhas, Antônio Alves de Sá e o Ajudante Apolinário Furtado de Mendonça. Cf. Livro de Matrimônios, Sobral.  familysearch.org. 
  2. Maria da Conceição Gomes da Frota nasceu em Santana do Acaraú.
  3. José Francisco de Vasconcelos casou-se (1) na Fazenda Caraúbas, a 22 de fevereiro de 1797, com Teresa Maria da Soledade. Casou-se (2) a 23 de setembro de 1819, com Rita Francisca da Frota, filha de João Nepomuceno de Albuquerque, o mesmo João Pinto Nepomuceno Cavalcante e de Caetana Gomes da Frota.
  4. Teresa Maria da Soledade nasceu a 22 de outubro de 1770, na Freguesia de Sobral, Ceará e faleceu em consequência de problemas de parto, aos 44 anos a 17 de outubro de 1814.
  5. Arnaud de Holanda Cavalcante nasceu na Freguesia de Sobral. Casou-se a 30 de junho de 1824, na Igreja Matriz de Sobral, com Joaquina Ferreira da Costa.
  6. Joaquina Ferreira da Costa nasceu em Santana do Acaraú, Ceará.
  7. Diogo José de Souza, comerciante em Sobral, (licença de 26.01.1819), Procurador da Câmara (23.02.1822). Casou-se a 27 de maio de 1813, na Igreja Matriz de Sobral com Constança Maria do Carmo.
  8. Constança Maria do Carmo, mãe de 10 filhos e filha de Francisco Ferreira da Ponte (Neto) e de Maria do Carmo do Espírito Santo Fonteles.

       

          Terceiros avós de Raymundo Guttenberg Telles.

  1. Antônio Coelho de Albuquerque, Capitão de Granadeiros do Terceiro de Auxiliares, no “sertão do Acaracu, da Capitania do Ceará”. Casou-se (1) a 06 de dezembro de 1745, com Joana Teixeira de Morais (pais de dez filhos), filha de Manoel Ferreira Pinto e de Floriana Coelho de Morais. Casou-se (2) a 30 de agosto de 1769, na Igreja Matriz de São Bento da Amontada, Ceará, com Maria da Conceição do Bonfim. Presentes, o Padre Inácio Gonçalves da Silva, as testemunhas, o Capitão Pedro Luís do Rego Barreto e Manoel da Silva Guimarães. Antônio Coelho de Albuquerque e Maria da Conceição, pais de seis filhos. Cf. Livro de Matrimônios. Itapipoca.
  2. Maria da Conceição Bonfim Menezes nasceu em Sobral no ano de 1748 e faleceu na mesma cidade a 30 de agosto de 1789. Ver Nobiliarchia Pernambucana, p. 90 vol. 2°.
  3. Felipe Gomes da Frota nasceu no ano de 1744, “casou-se a 11 de agosto de 1771, na Capela de N. Senhora do Rosário do Riacho do Guimarães,Groaíras, Ceará, dispensado no 3º grau de consanguinidade, com Josefa Maria de Jesus, filha do Capitão Mor Domingos da Cunha Linhares, n. na Freguesia de Linhares, Paredes de Coura, Viana do Castelo, e de Dionísia Álvares Linhares, Rio Grande do Norte. Presentes, o Padre Domingos Francisco Braga, e as testemunhas, o Sargento Mor Tomé Dias Pereira, morador na Freguesia de São Gonçalo da Serra dos Cocos, Félix José de Oliveira, Inácio Xavier Pereira, casados, e José Madeira de Matos, solteiro, e mais pessoas." Felipe faleceu a 12 de agosto de 1789.
  4. Josefa Maria de Jesus Linhares nasceu no ano de 1752, batizada a 24 de maio de 1752.
  5. Manoel Lourenço da Costa Jr., Ajudante, Agro - pecuarista na Fazenda Olho d’Água nasceu a 03 de março de 1737, no Concelho de Penafiel, Distrito do Porto, Portugal. Manoel faleceu a 26 de agosto de 1815, foi sepultado na Capela de Santana do Acaraú, Ceará. Casou-se (1) de idade 30 anos e sete meses, a 05 de outubro de 1767, de manhã, na Capela de Santana do Acaraú, dispensado no impedimento de consanguinidade, com Ana Maria de Vasconcelos, batizada a 27 de dezembro de 1750, 27 anos de idade, filha de Mateus Mendes Vasconcelos, n. Porto, e de Maria Ferreira Pinto Fonteles, n. Santana do Acaraú, filha de Manoel Ferreira Fonteles, de Meixomil, e de Maria Pereira. Presentes, o Padre João Ribeiro Pessoa, as testemunhas, o Capitão Manoel José do Monte, Luís de Souza Chaves, Francisco do Rego Baldaia, casados, e mais pessoas conhecidas. Casou-se (2) de idade 51 anos, a 12 de novembro de 1788, no Sítio Santo Inácio, Serra da Meruoca, com Sebastiana Inácia Ximenes Aragão, filha do Capitão Tomé Ximenes Madeira Aragão e de Margarida Nunes Barbosa.
  6. Ana Maria de Vasconcelos nasceu no ano de 1750 e foi batizada no dia 27 de dezembro de 1750. Faleceu a 16 de abril de 1786, sendo sepultada na Capela de Santana do Acaraú.
  7. Domingos Rodrigues Lima nasceu a 07 de junho de 1722, no Concelho de Ponte de Lima, Viana do Castelo, Portugal, e foi batizado em casa, em perigo de vida, a 29 do mesmo mês e ano. Co-habitou e casou-se (1) obrigado por sentença judicial a 29 de outubro de 1754, em Fortaleza, com Maria Brito de Jesus, viúva do Capitão Barnabé Vieira Coelho. Casou-se (2) a 16 de setembro de 1762, “pelas nove horas e meia do dia,” na Capela de São José, Patriarca, filial da Igreja Matriz de Sobral, Ceará, com Maria da Soledade de Araújo. (3) Viveu com Suzana Ferreira. Domingos ficou cego e morreu a 07 de dezembro de 1797, e foi sepultado na Igreja Matriz de Sobral, Ceará.
  8. Maria da Soledade Araújo Linhares, n. no Sítio São José, Patriarca, Sobral e faleceu a 03 de dezembro de 1820. Cf. Monsenhor Francisco Sadoc de Araújo, Cronologia Sobralense, Vol. I. p. 218.
  9. José de Lira Pessoa nasceu na Freguesia de Sobral. Casou-se em 1793, na Freguesia de Sobral, com Inácia de Holanda Cavalcante.
  10. Inácia de Holanda Cavalcante, de Albuquerque nasceu na Freguesia de Sobral.
  11. José Ferreira da Costa, Major, Chefe Liberal, nasceu a 08 de junho de 1775 e faleceu a 1º de maio de 1862. Termo de batismo.“José filho legítimo do Capitão Manoel José do Monte, natural da Boa Vista (Pernambuco) e de sua mulher Ana América de Jesus, natural desta Freguesia de Nossa Senhora da Conceição da Vila de Sobral, e nela moradores; neto paterno do Coronel Gonçalo Ferreira da Ponte, natural do Recife e de sua mulher Maria da Conceição natural da Ilha da Madeira; neto materno do Capitão Mor José de Xerez Furna Uchoa, Xarez, natural de Goiana, Pernambuco e de sua mulher Rosa de Sá e Oliveira, natural de Goiana, nasceu a oito de junho de 1775, e foi batizado com Santos Óleos a dezenove do mesmo mês e ano, nesta Matriz (de Sobral) por mim Cura: foram padrinhos, o Capitão Mor José de Xerez Furna Uchoa, casado, e Quitéria de Jesus, viúva, moradores nesta Freguesia; do que para constar fiz este termo que assinei. O Cura e Vigário da Vila de Sobral, João Ribeiro Pessoa.” Cf. Livro de Batismos, Sobral. 

   José Ferreira da Costa casou-se a 26 de julho de 1797 na Igreja Matriz de Sobral com Maria do Carmo do Espírito Santo. Moradores no lugar da Vaca Seca, Santana do Acaraú. Cf. Autor desconhecido.   O Município de Santana. 1608/1881. 1926. 208 p.

  1. Maria Quitéria do Espírito Santo nasceu e faleceu em Santana do Acaraú, Ceará. Filha de Francisco Ferreira da Ponte (Neto) e de Maria do Carmo do Espírito Santo Fonteles.
  2. Manoel Francisco de Vasconcelos, Capitão – Mor. Nasceu na Fazenda Curralinho, Santana do Acaraú, filho de Mateus Mendes Vasconcelos e de Maria Ferreira Pinto Fonteles. Casou-se a 26 de novembro de 1767, na Fazenda do Marco, Marco, Ceará, com Maria Joaquina da Conceição Uchoa.
  3. Maria Joaquina da Conceição Uchoa nasceu na Freguesia de Sobral, Ceará, filha de Luís de Souza Xerez e de Ana Teresa Lins de Albuquerque.
  4. Francisco Ferreira da Ponte (Neto) nasceu no ano de 1762, na Freguesia de Sobral, filho de Vicente Ferreira da Ponte e de Ana Maria de Souza. Casou-se a 31 de julho de 1780, na Fazenda Tucunduba, Santana do Acaraú, com Maria do Carmo do Espírito Santo Fonteles. Francisco faleceu em 23 de julho de 1825, em Sobral, Ceará.
  5. Maria do Carmo de Jesus Fonteles nasceu na Fazenda Tucunduba, Santana do Acaraú, filho de Manoel Ferreira Fonteles Filho e de Ana Maria Dias Leitão.

            

            Quartos Avós de Raymundo Guttenberg Telles

  1. Pedro Coelho Pinto nasceu em Montemor-o-Velho, Coimbra, Portugal, filho de Brás Pinto Lobo da Silva e de Maria Coelho.
  2. Romualda Cavalcanti de Albuquerque nasceu em Goiana, Pernambuco, filha de João Luís da Serra e de Brásia Cavalcante.
  3. Gabriel Leitão Pacheco nasceu no ano de 1698, em Recife, Pernambuco, e faleceu a 10 de dezembro de 1760, no Sítio Juremal, bAmontada, Ceará. Casou-se no ano de 1733, no Acaraú, com Mariana Messias de Menezes.
  4. Mariana Messias de Menezes, pernambucana da Várzea, Recife, morou em Amontada, Ceará. Filha de Jerônimo Bezerra de Menezes e de Maria de Melo e Moura.
  5. Vitoriano Gomes da Frota Venturiano Gomes da Frota nasceu no mês de maio de 1696, no Distrito de Leiria, onde foi batizado a 06 de maio do dito ano de 1696. Casou-se a 08 de junho de 1733, na Capela do Senhor Santo Antônio do Potengi, Potygi, Rio Grande do Norte, Freguesia de N. Senhora da Apresentação do Rio Grande do Norte, com
  6. Maria Gomes de Sá nasceu no ano de 1704, e foi batizada a 13 de agosto de 1704, na Paroquial Igreja de N. Senhora da Apresentação, Natal, RN. Padrinhos: o Mestre de Campo Manoel Álvares de Morais Navarro e Catarina de Oliveira, mulher de Manoel Gonçalves Branco. Cf. Livro RN 5 Correção Final p.20.
  7. Domingos da Cunha Linhares, nasceu aos três dias do mês de abril do ano de 1700, no lugar de Vinhas, Distrito de Viana do Castelo, Portugal, batizado a seis seguinte na Igreja Matriz de Santa Marinha. Faleceu a 24 de novembro de 1769, na Fazenda Rodrigo Moleiro, Rio Grande do Norte e foi sepultado na Igreja Matriz de N. Senhora da Apresentação, Natal, Rio Grande do Norte. Casou-se com Dionízia Alves Linhares. Anotou-se o casamento da sua filha, MARIANA GOMES de ARAÚJO, realizado a 03.06.1772, na Igreja Matriz de N. Senhora da Assunção, da Vila da Fortaleza, com MARCELINO DINIZ PENHA, filho de Antônio Diniz Penha e de Joana dos Santos. Cf. Livro de Casamentos. S. José. Fortaleza.  familysearch.org. 

                                    Capela de Santo Antônio do Potengi. Fonte Foto: google.com.br.

 

  1. Dionísia Álvares Linhares, nasceu c. 1720 na Fazenda Rodrigo Moleiro, Rio Grande do Norte, faleceu a 30 de junho de 1791, em São José da Mutuca, Patriarca, Sobral, Ceará, onde foi sepultada na Capela de São José.
  2. Manoel Lourenço da Costa nasceu no Distrito do Porto, Portugal. Casou-se com Suzana Lourenço da Costa.
  3. Suzana Lourenço da Costa nasceu no Concelho de Penafiel, Distrito do Porto, Portugal.
  4. Mateus Mendes Vasconcelos, Capitão nasceu em agosto de 1706, no lugar Bouçó, Freguesia e Couto de Travanca, Concelho de Amarante, Distrito do Porto, Portugal, batizado a 15 de agosto de 1706, no Mosteiro de S. Salvador. Faleceu a 07 de janeiro de 1793, na Fazenda Curralinho e foi sepultado na Capela de Santana do Acaraú, Ceará. Casou-se com Maria Ferreira Pinto Fonteles.
  5. Maria Ferreira Pinto nasceu no ano de 1729, na Fazenda da Tucunduba, Santana do Acaraú. Faleceu a 02 de julho de 1795, na Fazenda Curralinho, Santana do Acaraú e foi sepultada na Capela de Santana do Acaraú, Ceará.
  6. José Vaz, analfabeto, n. em Ponte de Lima, Distrito de Viana do Castelo, norte de Portugal onde se casou a 18.10.1703.
  7. Justa Afonsa da Costa por alcunha a “marquesa”.
  8. Domingos da Cunha Linhares, o mesmo n° 38 acima.
  9. Dionísia Álvares Linhares.
  10. José de Xerez Furna Uchoa n. 1722, em Goiana, Pernambuco. Casou-se a 21 de outubro de 1747, na Igreja Matriz da Caiçara, Sobral, com Rosa de Sá e Oliveira. José faleceu em 1º de abril 1797, na Freguesia de Sobral, sendo sepultado na Igreja Matriz de Sobral, Ceará.
  11. Rosa de Sá e Oliveira nasceu no ano de 1720, na Freguesia de Goiana, Pernambuco, faleceu a 10 de fevereiro de 1812, em Sobral e foi sepultada na Igreja Matriz de Sobral, Ceará.
  12. Bento Pereira Viana natural de Viana do Castelo, filho de João de Lima e de Joana Pereira. Mestre de Campo do Terço de Infantaria Auxiliar da Marinha da Ribeira do Acaraú. Capitão Mor da Vila de Granja, Ceará. Casou-se a 28 de abril de 1750, na Capela de Santo Antônio do Olho d’Água, Coreaú, com Bernarda de Sá Cavalcante. Cf. Livro de Batismos, (Misto), Sobral. 1725/1755. familysearch.org. 
  13. Bernarda de Sá Cavalcante e Albuquerque filha de Domingos Alves Ribeiro e de Bernarda de Sá.
  14. Manoel José do Monte, Capitão Mor, n. no ano de 1725 na Freguesia da Boa Vista, Recife, Pernambuco. Casou-se (1) a 20 de novembro de 1755, na Igreja Matriz de Sobral com Luíza da Costa Maciel, que faleceu a 31 de janeiro de 1769, filha de Timóteo da Rocha e de Eugênia de Medeiros. Casou-se (2) a 30 de novembro de 1769, na Capela de Santana do Acaraú, com Ana América Uchoa. Termo de casamento.“Aos trinta dias do mês de novembro de 1769, de manhã, na Capela de Santa Ana, filial desta Matriz de Nossa Senhora da Conceição da Caiçara, feitas as denunciações na forma do Sagrado Concílio Tridentino na dita Matriz onde os nubentes são moradores, e a nubente natural, justificando o não rapto como consta do mandato de casamento sem outro impedimento como consta dos banhos que tudo fica em meu poder, em presença de mim Cura João Pessoa Ribeiro e das testemunhas o Capitão Custódio da Costa Araújo, casado morador no Coreaú e o Capitão Cláudio de Sá Amaral e Francisco de Faria Almeida. casados e mais pessoas conhecidas e moradoras nesta Freguesia, se casaram in face da Igreja solenemente por palavras o Capitão Manoel José do Monte, natural da Boa Vista, Pernambuco, filho legítimo do Coronel Gonçalo Ferreira da Ponte (Sênior), natural do Recife, e de sua mulher Maria da Conceição, natural da Ilha da Madeira, viúvo que nesta Freguesia ficou de Luíza da Costa Maciel, com Dona Ana América de Jesus, filha legítima do Capitão Mor José de Xerez Furna Uchoa (Xarez), e de sua mulher Dona Rosa de Sá e Oliveira naturais de Goiana: e logo lhes dei as bênçãos na forma dos Ritos e Cerimônias da Santa Madre Igreja, do que para constar fiz este termo no mesmo dia e assinei. João Ribeiro Pessoa Cura e Vigário da Vila da Caiçara." Cf. Livro de Matrimônios, Sobral. 1769/1782. Folhas, 18,19. Crédito Cônego Francisco Sadoc de Araújo, leitura verbum ad verbum Fco. Augusto.  
  15. Ana América Uchoa n. no ano de 1749, foi batizada a 20 de setembro de 1749, filha de José Xerez Furna Uchoa e de Dona Rosa de Sá Oliveira. Ana América faleceu a 29 de outubro de 1825, sendo sepultada na Igreja Matriz de Sobral, Ceará. Cf. A. J. V. Borges da Fonseca Nobiliarchia Pernambucana, 1935. Vol.1º. p.92. 
  16. Francisco Ferreira da Ponte (Neto) Ver n° 30.
  17. Maria do Carmo de Jesus Fonteles.
  18. Mateus Mendes Vasconcelos, ver n° 42.
  19. Maria Ferreira Pinto.
  20. Luís de Souza Xerez nasceu no ano de 1726, em Goiana, Pernambuco. Faleceu a 20 de fevereiro de 1798, na Freguesia de Sobral e foi sepultado na Capela da Santa Cruz, Bela Cruz, Ceará. Casou-se (1) com Ana Teresa Lins de Albuquerque, casou-se (2) com Quitéria Maria do Rosário, filha de Francisco Ferreira Fonteles e de Inácia Ferreira do Espírito Santo.
  21. Ana Teresa de Albuquerque nasceu em Moribeca, Muribeca dos Guararapes, Pernambuco e faleceu a 28 de abril de 1788, em Bela Cruz, sendo sepultada na Capela Santa Cruz, Bela Cruz, Ceará. Mãe de seis filhos.
  22. Vicente Ferreira da Ponte, Coronel nasceu no ano de 1742, batizado a 26 de abril de 1742, na Igreja Matriz de Sobral. Faleceu a 12 de junho de 1823, sendo sepultado na Capela de Santana do Acaraú, Ceará. Casou-se com Ana Maria de Sousa.
  23. Ana Maria de Souza, álibi Ana de Sá Medeiros, nasceu c. 1739 e faleceu a 1º de março de 1797, em Sobral, sendo sepultada na Igreja Matriz de Sobral.
  24. Manoel Ferreira Fonteles Filho nasceu no mês de maio de 1740, na Fazenda da Tucunduba, batizado a 05 de junho de 1740, na Freguesia de Sobral e faleceu a 18 de julho de 1795, na Fazenda da Tucunduba, Santana do Acaraú, e foi sepultado na Capela de Santana do Acaraú, Ceará. Casou-se com Ana Maria Dias Leitão.
  25. Ana Maria Dias Leitão, mãe de 13 filhos, faleceu a 19 de fevereiro de 1818, na Fazenda da Tucunduba, Santana do Acaraú.

           

          Quintos avós de Raymundo Guttenberg Telles.

  1. 64. Brás Pinto Lobo da Silva, n. em Montemor-o-Velho, Coimbra, Portugal.
  2. 65. Maria Coelho, n. Montemor-o-Velho, Coimbra, Portugal.
  3. João Luís da Serra, n. em Pernambuco, filho de João Luís Pereira e de Maria Suage. Casou-se com Brásia Cavalcante.
  4. Brásia Cavalcante, n. em Pernambuco, filho de Bernardino de Araújo Pereira e de Úrsula Cavalcante e Albuquerque.

    68.-69. Ainda desconhecidos.

  1. Jerônimo Bezerra de Menezes filho de Bento Rodrigues Bezerra e de Petronila Velho de Menezes.
  2. Maria Melo Moura, filho de João da Rocha de Moura Rolim e de Águeda Ferreira de Melo.
  3. Paulino Gomes da Frota, n. no Distrito de Leiria, onde foi batizado na Igreja de São Pedro, filho de Manoel da Frota e de Leonor Soares. Casou-se a 28 de março de 1693, na Igreja de N. Senhora da Ajuda, Distrito de Leiria, Portugal, com Maria Gomes Frazão.
  4. Maria Gomes Frazão nasceu no Distrito de Leiria, Portugal, filho de João Frazão e de Maria Jorge. Casou-se (1) com Hierônimo Gomes; casou-se (2) com Paulino Gomes da Frota.
  5. Francisco Gomes (da Câmara), Capitão.
  6. Maria Gomes de Sá n. em Natal, Rio Grande do Norte.
  7. Hyacinto Gonzalez de Meduiña nasceu no lugar São Cipriano, Vila de Aldán, Arcebispado de Santiago de Compostela, Cangas de Morrazo, Pontevedra, Galiza, Espanha, filho dos espanhóis Amaro de Meduiña e de Maria Gonzalez.. Casou-se em 25 de janeiro de 1696, na Igreja de Santa Marinha de Linhares, Concelho de Paredes de Coura, Distrito de Viana do Castelo, Portugal, com Suzana de Araújo.
  8. Suzana Araújo nasceu em 17 de maio de 1675, na Freguesia de Linhares, Concelho de Paredes de Coura, Distrito de Viana do Castelo, Portugal, filho de Agostinho da Cunha e de Ana de Araújo.
  9. Dionísio Álvares Linhares, Capitão - Mor nasceu no mês de junho de 1673, no Distrito de Viana do Castelo, Portugal, filho de Domingos Alves e de Margarida Alves. Casou-se na Igreja Matriz de N. Senhora da Apresentação, Natal, Rio Grande do Norte, com Rufina Gomes de Sá.
  10. Rufina Gomes de Sá nasceu em Natal, Rio Grande do Norte, filha do Capitão Francisco Gomes (Câmara) e de Maria Gomes de Sá.

   80.- 83. Ainda desconhecidos.

  1. Mateus Mendes nasceu na Freguesia de São Miguel Refojos de Basto, Concelho de Cabaceiras de Basto, Distrito de Braga, Portugal.
  2. Ana Carvalho nasceu no ano de 1680, no lugar Fonte do Mendo, Freguesia de Travanca, Concelho de Amarante, Distrito do Porto, Portugal, batizada a 14 de junho de 1680, no Mosteiro do Salvador, filha de Domingos Mendes e de Ana da Silva Carvalho. Ana faleceu a 07 de outubro de 1735, na Freguesia de Travanca.
  3. Manoel Vaz, n. em Ponte de Lima, Distrito de Viana do Castelo, norte de Portugal.
  4. Maria Martins, n. em Ponte de Lima, Distrito de Viana do Castelo, norte de Portugal.
  5. Manoel Ferreira Fonteles nasceu em 07 de março de 1687, no lugar Fontelo, Freguesia de Meixomil, Concelho de Paços de Ferreira, Distrito do Porto, Portugal, filho de Domingos Velho da Cruz e de Maria Ferreira Pinto. Casou-se (1) no ano de 1725, com Maria Pereira. Casou-se (2) a 29 de maio de 1752, na Igreja Matriz da Caiçara, Sobral, com Rosaura Maria de Barros. Viveu (3) com Maria Fernandes, índia tapuia, que nasceu em Aquiraz, Ceará. Manoel faleceu em 30 de abril de 1761, na Freguesia de Sobral, Ceará.
  6. Maria Pereira nasceu em Pernambuco, e faleceu em 28 de dezembro de 1747, na Fazenda Tucunduba, Santana do Acaraú, Ceará. Filha de Francisco Ferreira Brandão e mãe ainda desconhecida.
  7. João Afonso, n. em Ponte de Lima, Viana do Castelo, Portugal.
  8. Maria Rodrigues, n. em Ponte de Lima, Viana do Castelo, Portugal.
  9. Hyacinto Gonzalez de Meduiña, (ver a mesma pessoa acima n° 76)
  10. Suzana Araújo (ver a mesma pessoa acima n° 77)
  11. Dionísio Álvares Linhares, (ver a mesma pessoa acima n° 78).
  12. Rufina Gomes de Sá, (ver a mesma pessoa acima n° 79).
  13. Francisco Xerez Furna nasceu em Goiana, Pernambuco, filho de Bartolomeu Rodrigues Xerez e de Eugênia Vaz da Silva. Casou-se com Inês de Vasconcelos Uchoa.
  14. Inês de Vasconcelos Uchoa nasceu no ano de 1703, em Pernambuco, filha de Francisco Vaz Carrasco Filho e de Antônia de Mendonça Uchoa. Casou-se (1) com Francisco Xerez Furna. Casou-se (2) com Lourenço da Silva e Melo, Ouvidor, filho de Feliciano de Melo e Silva e de Brites de Barros Rego. Inês faleceu em 11 de dezembro de 1783, em Sobral, onde foi sepultada.
  15. Manoel Vaz Carrasco n. 1673, em Ipojuca, Pernambuco. Casou-se (1) com Luíza de Souza. Casou-se (2) com Maria Madalena de Sá e Oliveira. Manoel faleceu em 23 de novembro de 1753, na Fazenda da Lagoa Seca, Bela Cruz, Ceará, sepultado a 23 de novembro 1753, na Capela da Bela Cruz.
  16. Maria Madalena de Sá e Oliveira n. 1694, em Igarassu, Pernambuco, casou-se (1) Francisco Bezerra de Menezes, n. < 1680>, Olinda, Pernambuco. Casou-se (2) com Manoel Vaz Carrasco. Maria faleceu em 14.07.1758, na Fazenda da Lagoa Seca, Bela Cruz, sepultada na Capela da Bela Cruz.
  17. João de Lima
  18. Joana Pereira
  19. Domingos Álvares Ribeiro
  20. Ana de Sá Cavalcante
  21. Gonçalo Ferreira da Ponte Sênior, por alcunha 'o Cachaço', natural da Freguesia da Boa Vista, Recife, Pernambuco, sapateiro, fabricante de sola vermelha em seu Curtume chamado de São Gonçalo. Gonçalo Sênior filho de Francisco Ferreira {da Ponte}, sapateiro, batizado a 26 de maio de 1639, em Angra do Heroísmo, Ilha Terceira, Açores, e de Isabel Nunes, n. Ipojuca, Pernambuco. Francisco Ferreira (da Ponte} casou-se a 19 de dezembro de 1666, com D. Isabel Nunes, moradores na Ponte, nas Cinco Pontes, Rua da Senhora da Penha de França, Recife.  Neto paterno de Felipe Fernandes, sapateiro, filho de um tosador, {Sebastião Fernandes c.c. Maria Jorge) e de Apolônia Ferreira, filha de um serralheiro, {Domingos Ferreira c.c. Maria Rodrigues}. Felipe e Apolônia, casados a 04.06.1628. Neto materno de Mateus Esteves, português. e de Ana Nunes, índia.

   Gonçalo Sênior casou-se (1) a 20 de abril de 1697, em Natal, Rio Grande do Norte, com Maria de Matos Barros Coutinho, Maria de Barros Catanho nasceu em Recife, Pernambuco, filha do Sargento Mor Manoel da Silva Vieira e de Grácia de Barros Rego, Grácia de Barros Catanho, n. na cidade de Olinda, Pernambuco.  Testemunhas: D. Francisca Ponce de Leon, Bernarda Vieira de Melo e Antônio Tavares de Melo. Padre Paulo da Rocha Figueiredo, assinou o assento de casamento.

   O Coronel Gonçalo casou-se a segunda vez a 25 de setembro de 1711, na Capela de São Gonçalo da Boa Vista, Recife, com Maria da Conceição {do Monte e Silva}, natural da Ilha da Madeira, filha do Capitão Mateus Rodrigues (da Costa) e de sua mulher Maria Lopes (Abreu), moradores nesta Freguesia, foram testemunhas Dámaso Saraiva de Araújo. Jerônimo Álvares Saldanha. Francisco da Fonseca Rego. Cf. Livro 1º dos Recebimentos, Recife 1654/1715. folhas 138

 Observar que quem se casou com Rosaura do Ó Mendonça, foi o Capitão Gonçalo Ferreira da Ponte Neto filho de Joana de Barros Coutinho, batizada a 02 de julho de 1703, na Igreja Paroquial de N. Senhora da Apresentação, Natal, Rio Grande do Norte.  D. Joana foi a segunda esposa de Cosme de Freitas Pereira, n. Recife, Pernambuco. Gonçalo Netoneto paterno de Rodrigo da Costa Pereira e de Marusa de Freitas, ambos naturais de Recife, Pernambuco. Neto materno do Coronel Gonçalo Ferreira da Ponte e de Maria de Barros Coutinho, Maria de Barros Catanho nasceu em Recife, Pernambuco, casados a 20.04.1697.

   Dona Rosaura do Ó Mendonça viúva de André José Moreira da Costa Cavalcante, e filha de Francisco Xerez Furna e de Inês de Vasconcelos Uchoa. Gonçalo Neto faleceu em 23 de junho de 1762, no Sítio Santa Úrsula, Meruoca, Ceará, e foi sepultado na Igreja Matriz de Sobral, das Grades para Cima.

  1. Maria da Conceição do Monte e Silva natural da Ilha da Madeira, batizada a 13 de dezembro de 1697, filha de Mateus Rodrigues da Costa (batizado a 09.04.1674), e de sua mulher Maria Lopes de Abreu, moradores na Boa Vista do Recife, Pernambuco, casados a 21 de abril de 1692. Neta paterna de Antônio Gonçalves Correia e de Águeda Rodrigues. Neta materna de Pedro Lopes e de Maria Esteves. Cf. Pesquisa Francisco Augusto, publicado nesta página Famílias Cearenses.
  2. José de Xerez Furna Uchoa, (ver a mesma pessoa acima n° 48).
  3. Rosa de Sá e Oliveira, (ver a mesma pessoa acima n° 48).
  4. Vicente Ferreira da Ponte, (ver a mesma pessoa acima n° 60).
  5. Ana Maria de Souza, (ver a mesma pessoa acima n° 61).
  6. Manoel Ferreira Fonteles Filho nasceu em maio de 1740, na Fazenda Tucunduba, batizado a 05 de junho de 1740, na Freguesia de Sobral, filho de Manoel Ferreira Fonteles e de Maria Pereira. Casou-se a 12 de novembro de 1755, na Capela da Bela Cruz, Ceará, com Ana Maria Dias Leitão. Manoel Filho faleceu a 18 de julho de 1795, na Fazenda da Tucunduba, Santana do Acaraú, Ceará.
  7. Ana Maria de Jesus faleceu a 19 de fevereiro de 1818, na Fazenda da Tucunduba, Santana do Acaraú, Ceará. Filha de Ângelo Dias Leitão e de Rosa Maria Ferreira.
  8. Mateus Mendes, (ver a mesma pessoa n° 84).
  9. Ana Carvalho, (ver a mesma pessoa n° 85).
  10. Manoel Ferreira Fonteles, (ver a mesma pessoa n° 88).
  11. Maria Ferreira, (ver a mesma pessoa n° 89)
  12. Francisco Xerez Furna, (ver a mesma pessoa n° 96)
  13. Inês de Vasconcelos Uchoa, (ver a mesma pessoa n° 97)
  14. João Lins de Albuquerque nasceu no ano de 1690, no Cabo, Cabo de Santo Agostinho, de Santo Agostinho, Pernambuco e faleceu em 1770. Casou-se com Rosa Maria Ferreira.
  15. Rosa Maria Ferreira, n. em Recife, Pernambuco.
  16. Francisco Ferreira da Ponte e Silva nasceu no ano de 1697, e foi batizado a 18 de outubro de 1697, na Freguesia de N. Senhora da Apresentação, Natal, Rio Grande do Norte. Por padrinhos Damázio Saraiva e D. Gracia do Rego. Filho de Gonçalo Ferreira da Ponte Sênior e de Maria de Barros Coutinho. Fonte: Livro RN DSC031.

   O Coronel do Regimento de Cavalaria Ribeira do Acaraú Francisco Ferreira da Ponte e Silva viveu com Maria da Costa, que nasceu em Minas Gerais, com geração. Casou-se a 20 de setembro de 1738, com Maria Madalena de Sá, filha de Manuel Vaz Carrasco e de Madalena de Sá. Fixou residência na Fazenda Curral Grande, onde faleceu a 1º de novembro de 1758, com 61 anos de idade.

  1. Maria Madalena de Sá nasceu na Freguesia de Goiana, Pernambuco, e faleceu a 16 de março de 1743, na Fazenda Lagoa Seca, Bela Cruz, Ceará, em conseqüência de problemas no parto. D. Maria Madalena de Sá filha de Manoel Vaz Carrasco e de Maria Madalena de Sá e Oliveira.
  2. Tomás da Silva Porto nasceu na cidade do Porto, Portugal, filho de Mateus da Silva e de Francisca de Souza. Casou-se em 18 de maio 1738, no Sítio das Frecheiras, Freguesia de Sobral, com Nicácia Álvares Pereira. Tomás faleceu em Sobral, Ceará.
  3. Nicácia Álvares Pereira, filho de Matias Pereira de Carvalho e de Micaela da Silva Medeiros.
  4. Manoel Ferreira Fonteles, (ver a mesma pessoa n° 114).
  5. Maria Ferreira, (ver a mesma pessoa n° 115).
  6. Ângelo Dias Leitão nasceu no ano de 1689, na cidade da Paraíba, (João Pessoa), onde se casou com Rosa Maria Ferreira.
  7. Rosa Maria Ferreira nasceu na Paraíba.

        

     Sextos avós de Raymundo Guttenberg Telles.

  1. Francisco Vaz Carrasco nasceu em Ipojuca, Pernambuco, filho de Manoel Vaz Viseu e de Maria Rosa da Rocha. Casou-se depois de 1666, em Pernambuco, com Brites de Vasconcelos.
  2. Brites de Vasconcelos nasceu em Pernambuco, filho de Gaspar da Costa Coelho e de Maria de Góes (a Nova).
  3. Nicácio Aguiar de Oliveira nasceu em Goiana, Pernambuco, filho de Domingos de Aguiar de Oliveira e de Inês Montenegro. Casou-se com Madalena de Sá.
  4. Madalena de Sá, filho de Manoel Ribeiro de Azevedo, Alferes da Infantaria, e de Madalena de Sá.

        

       Sétimos avós de Raymundo Guttenberg Telles.

  1. Manoel Vaz Viseu nasceu no Concelho e Distrito de Viseu, Portugal, filho de Mateus Vaz e de Maria Simões Soares. Casou-se em Pernambuco com Maria Rosa da Rocha.
  2. Maria Rosa da Rocha nasceu em São Miguel de Ipojuca, Pernambuco, filho de Sebastião Vaz Carrasco e de Maria Rosa da Rocha (Velha).
  3. Gaspar da Costa Coelho, Capitão, casou-se com Maria de Góes. Gaspar faleceu na Bahia.
  4. Maria de Góes nasceu em Pernambuco filho de Baltazar Leitão de Paiva Holanda e de Francisca dos Santos França (a mesma Francisca dos Santos Fonseca). Maria faleceu na Bahia.
  5. Domingos de Aguiar de Oliveira nasceu circa de 1670, filho de Amaro Lopes Madeira e de Luzia de Aguiar de Oliveira. Casou-se com sua sobrinha Inês Montenegro.
  6. Inês Montenegro nasceu <1675> filho de Felipe de São Tiago de Oliveira e de Lourença Maciel de Andrade. Cf. A. J. V. Borges da Fonseca, Nobiliarchia Pernambucana, 1935. Vol.1º. p. 88.
  7. Manoel Ribeiro de Azevedo, Alferes da Infantaria, casou-se com Madalena de Sá
  8. Madalena de Sá, filho de Diogo de Barros e de Bárbara de Barros. Cf. A. J. V. Borges da Fonseca Nobiliarchia Pernambucana, 1935. Vol.1º. p. 90.

        

      Oitavos avós de Raymundo Guttenberg Telles.

Mateus Vaz n. no Concelho e Distrito de Viseu, Portugal.

Maria Simões Soares n. no Concelho e Distrito de Viseu, Portugal.

Sebastião Vaz Carrasco n. em Olinda, Pernambuco.

Maria Rosa da Rocha (Velha) n. em Olinda, Pernambuco.

Baltazar Leitão de Paiva Holanda nasceu na Freguesia do Cabo de Santo Agostinho, ou Olinda, Pernambuco, filho de Agostinho de Holanda Vasconcelos e de Maria de Paiva.

Francisca dos Santos França, álibi Francisca dos Santos Fonseca, filho de Sebastião Leitão de Vasconcelos e de Beatriz Rodrigues.

Amaro Lopes Madeira, Capitão.

Luzia de Aguiar de Oliveira filho de Simão Gonçalves de Teive e de Luzia de Aguiar de Oliveira (A Velha).

Felipe de SãoTiago de Oliveira n. na Ilha de São Miguel, Açores, filho de Domingos de S. Tiago Montenegro e de Lourença de Aguiar Dias Ximenes.

Lourença Maciel de Andrade, n. em Pernambuco, filho de Baltazar Maciel de Andrade e de Jerônima de Mesquita de Azevedo.

Diogo de Barros

Bárbara de Barros

                                      

     Fonte:

  1. Fonseca, Antônio José Victoriano Borges da, Nobiliarchia Pernambucana. Dois Volumes. Biblioteca Nacional. 1935. Rio de Janeiro. 984 páginas.
  2. STUDART, Guilherme. Barão de. Diccionário Bio-bibliografico cearense. Fortaleza. Typo-Litografia a Vapor. 1910. Vol. 1º. 524 p.

. Diccionário Bio-bibliografico cearense. Fortaleza. Typo-Litografia a Vapor. 1913. Vol. 2.º 530 p.

. Diccionário Bio-bibliografico cearense. Fortaleza: Typ. Minerva. 1915. Vol. 3º. 325 p.

  1. JABOATÃO, Antônio de Santa Maria - Frei. Catálogo genealógico das principais famílias. 2 Vol. Salvador, Bahia. Empresa Gráfica da Bahia. Anotado por Pedro Calmon. 1985. 1.300 p.
  2. ALMEIDA, João Mendes de. Algumas notas genealógicas. São Paulo:Typ. Baruel, Pauperio. 1886. 498 p.
  3. MARTINS da COSTA, Vicente - Mons. Homens e vultos de Sobral. 2ª ed. Fortaleza. NUDOC. UFC/Stylus.1989. 361 p.
  4. FROTA, José Tupynambá da - Dom . História de Sobral. Fortaleza. Pia Sociedade de São Paulo. 1953. 700 p.
  5. LINHARES, Mário Rômulo. Os Linhares. Rio de Janeiro. Irmãos Pongetti Editores. 1954. 228 p.
  6. Gentil, Padre José da Frota, Os Frotas. Gráfica Barbero S.A. Rio de janeiro. 1967. 882 p.
  7. ARAGÃO, Jarbas Cavalcante de. Colonização do nordeste. Rio de Janeiro. Laudes. 1969. 409 p.
  8. BULCÃO, José Pedro Soares. Anastácio Braga. Typ. Minerva. Fortaleza. 1928. 156 p.
  9. ARAÚJO, Francisco Sadoc de - Cônego.Cronologia sobralense. Fortaleza. Gráfica Editorial Cearense. 1974. v.1, 361 p.

. Cronologia sobralense. Sobral. UVA, Imp. Universitária. 1979. v.2, 347 p.

. Cronologia sobralense. Sobral: UVA, Imp. Universitária. 1983. v.3, 346 p.

. Cronologia sobralense. Sobral: UVA, Imp. Universitária.1985. v. 4, 327 p.

. Cronologia sobralense. Sobral: UVA, Imp. Universitária.1990. v.5, 268 p.

  1. Melo, Hélio - Minha Mãe. S.E. Fortaleza. 1992. 20 páginas.
  2. ARAÚJO LIMA, Francisco Augusto de. Famílias Cearenses Zero. Os Soares e Araújos no Vale do Acaraú. Fortaleza. Ed. Carvalho Serviços Gráficos. 1989. 134 p. 2ª Ed. Editora Expressão Gráfica. Fortaleza. 2011. 286 p.