Blue Flower

Seja benvindo(a)!

DIGITE O TERMO NA PESQUISA, APERTE O ENTER E AGUARDE O MELHOR RESULTADO!

 

                

    Por Francisco Augusto de Araújo Lima. Tupancy, Eusébio, Ceará, 20 de junho de 2006. Re - editado a 21 de fevereiro de 2019, 30º ano do lançamento do livro Famílias Cearenses Zero – Soares e Araújos no Vale do Acaraú, 1989. Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

      

Capistrano de Abreu. Fonte Foto: http://historiadoceara.blogspot.

   

     Durante um largo tempo pesquisei o ABREU do ilustre João Capistrano Honório. Momento houve que imaginei que o Abreu existia via descendência de Teodósio de Araújo Abreu c.c. Joana Barbosa Fagundes, pais de filhos com o sobrenome Abreu Lima.  Por fim, depois de anos, encontrei a origem. O Abreu vem por linha de sua quarta avó Dona Ana de Abreu Lima, casada que foi com Domingos Antunes de Aguiar, ambos rio-grandenses-do-norte e moradores em Aracati. Alguns filhos deram continuidade aos apelidos do pai, Antunes de Aguiar e outros filhos assumiram o sobrenome materno, Abreu. Assim gerou-se a dificuldade em encontrar a razão do uso do dito sobrenome Abreu - cujo significado é: agradecimento, doação, aquele que anuncia a graça. Significado de Abreu, ver:  Rosário Farâni Mansur Guérios, Dicionário Etimológico de Nomes e Sobrenomes, Ed. Ave Maria, São Paulo, 1973, p. 46. Observar que hoje existem descendentes usando somente o Honório, caso dos residentes em parte de Maranguape, Campos Belos e Eusébio, sendo que a maioria continua Honório de Abreu ou somente Abreu. FAAL.

                                                            

   Domingos Antunes de Aguiar, nasceu no ano de 1693, no Rio Grande do Norte. Em 1743 já se encontra em Aracati, onde na Capela de São José, a 10 de janeiro, é padrinho de Bernarda, filha de Isabel, escravas de Baltasar, Baltazar Antunes de Moura. LR3-16.

   Domingos faleceu a 05 de setembro de 1765. Termo de óbito.Aos cinco dias do mês de setembro de 1765 anos, faleceu da vida presente Domingos Antunes de Aguiar de idade de setenta e dois anos pouco mais ou menos sem Sacramentos .?. sepultado na Capela de Nossa Senhora do Rosário do Aracati envolto em hábito branco de que fiz este assento. Padre Gonçalo Ferreira de Melo."  LA2-119.

   Domingos Antunes de Aguiar viveu com Domingas Gomes de quem houve uma filha de nome Rufina. Termo de batismo.“Aos vinte e seis de dezembro de 1748, na Capela de São José do Aracati, filial desta Matriz (de Russas) de licença do Cura abaixo assinado o Reverendo Licenciado Gonçalo Ferreira de Melo batizou e pós os Santos Óleos, a Rufina, filha natural de Domingos Antunes de Aguiar e Domingas Gomes; foram padrinhos, Manoel Moreira da Silva e Rufina Antunes, todos desta Freguesia de que fiz este assento. O Cura João Pereira de Lima.” LR3-90.

   Quartos - Avós de João Capistrano Honório de Abreu.

Domingos Antunes de Aguiar casou-se com Ana de Abreu Lima nasceu no Rio Grande do Norte. Cf. LR1-79v - LR3-16,90,124v – LA2-33,119,136v  - LRA1-13.

            

          Filhos por Ana de Abreu Lima, legítima mulher de Domingos Antunes de Aguiar. 1.-4.

  1. Miguel Antunes de Aguiar nasceu aproximadamente no ano de 1723, em Aracati. Casou-se a 07 de janeiro de 1743, na Capela de São José do Aracati, com Maria da Costa Pereira nasceu em Aracati, filha de Lourenço de Abreu Pereira e de Maria Francisca de Vasconcelos, ambos de Santo Antão da Mata, Pernambuco, residiram no Aracati onde batizaram mais dois filhos.

   Miguel Antunes de Aguiar faleceu a 15 de maio de 1785, de idade 60 anos, pouco mais ou menos, e foi sepultado na  Igreja Matriz do Aracati, das grades para baixo. Pais de filhos nascidos no Aracati, 1750/1763. Termo de óbito."Miguel Antunes de Aguiar marido que foi de Maria da Costa Pereira moradores no Boqueirão de Cima, Freguesia de Nossa Senhora do Rosário da Vila de Aracati, faleceu com todos os Sacramentos a 15 de maio de 1785, e foi sepultado nesta Matriz do Aracati das grades para baixo, encomendado por mim abaixo assinado, de idade sessenta anos pouco mais ou menos no dia dezesseis do dito mês e ano de 1785, envolto em hábito branco; do que para constar fiz este assento que assino. Padre Francisco Xavier dos Santos, Pró Pároco.” Aracati CD2-1085.

   Miguel Antunes e Dona Maria da Costa, pais de 1.1.-1. 8.

1.1. Lourenço de Abreu Lima casou-se a 12 de junho de 1780, com Luíza Francisca da Conceição. Termo de casamento. "Lourenço de Abreu Lima, filho de Miguel Antunes e de sua mulher Maria da Costa Pereira, casou-se com Luíza Francisca da Conceição filha de Francisco Campos e de sua mulher Joana Damasceno naturais e moradores desta Freguesia das Russas corridos os banhos sem impedimento e feitas as diligências se receberam por palavras de presente em mim abaixo assinado com licença do Reverendo Cura das Russas Manoel da Fonseca Jaime nesta Igreja do Rosário dos Brancos da Vila do Aracati, filial da Matriz das Russas pelas nove horas do dia doze de junho de 1780 e logo lhes dei as bênçãos nupciais presentes por testemunhas José Inácio Ferreira e Francisco Rodrigues Pinto e outros; do que para constar fiz este assento que assino.  Padre José Carlos da Silva Carneiro, Administrador do Aracati.” Aracati CD1 L1 cas 24.

1.2. João de Abreu e Lima nasceu no ano de 1750, e foi batizado a 26 de janeiro de 1750, na Capela do Glorioso São José do Aracati.  Soares Bulcão anotou no Livro Eclesial, um termo acima do batismo de João, com letra bem legível: ‘Esta é a Mulher do Tenente Antônio Bezerra de Menezes (Maria Nunes). Termo de batismo.“Aos vinte e seis de janeiro de 1750 na Capela do Glorioso São José do Aracati de licença minha Cura abaixo assinado o Reverendo Licenciado Gonçalo Ferreira de Melo batizou solenemente a João, filho legítimo de Miguel Antunes e Maria da Costa, e lhe pós os Santos Óleos; foi padrinho Antônio Bezerra, todos desta Freguesia, de que fiz este assento. O Cura João Pereira de Lima.” Cf. LR3-112v.

1.3. Manoel, n. 1754 e foi batizado a 30 de novembro de 1754, na Capela de N. Senhora do Rosário, Aracati. Termo de batismo.“Aos trinta de novembro de 1754 em esta Capela de Nossa Senhora do Rosário da Vila do Aracati, de licença do Reverendo Cura abaixo assinado o Padre José Lopes Lima batizou e pós os Santos Óleos a Manoel, filho legítimo de Miguel Antunes e Maria da Costa; foram padrinhos, o Sargento Mor José Rodrigues Pinto e Teresa Maria de Jesus. O Cura João Pereira de Lima.” Cf. LA2-06v.

1.4. Antônia nasceu a 18 de outubro de 1761. Termo de batismo.“Antônia filha legítima de Miguel Antunes de Aguiar e de sua mulher Maria da Costa naturais desta Freguesia de Nossa Senhora do Rosário das Russas e moradores no Aracati; Neta Paterna de Domingos Antunes e de sua mulher Ana de Abreu Lima, naturais do Rio Grande (Natal, Rio Grande do Norte) e Materna de Lourenço de Abreu Pereira e de sua mulher Maria Francisca de Vasconcelos, naturais de Santo Antão da Mata, Pernambuco: nasceu aos dezoito do mês de outubro de 1761, e foi batizada com os Santos Óleos aos vinte e quatro de novembro do mesmo ano nesta Capela de Nossa Senhora do Rosário da Vila do Aracati filial da Matriz das Russas por mim Administrador dos sacramentos abaixo assinado: foram padrinhos, Lázaro Lopes Bezerril, e Maia Florência, solteira, todos desta Freguesia, de que tudo ara constar fiz em que me assinei. Padre Teodósio de Araújo Abreu, Administrados Sacramentos.” Cf. LA2-33.  

1.5. Maria Torres de Vasconcelos casou-se com Alexandre Ferreira de Andrade filho de Luís Ferreira de Andrade e de Antônia Mendes Bezerra. Pais de: 1.5.1.

1.5.1. Isabel nasceu a 19 de novembro de 1761 (um mês após o nascimento de sua tia materna Antônia)  Termo de batismo. "Isabel, filha legítima de Alexandre Ferreira de Andrade natural da Freguesia de Goiana e de sua mulher Maria Torres de Vasconcelos natural desta Freguesia de Nossa Senhora do Rosário das Russas e moradores no Sítio chamado Albuquerque, desta mesma Freguesia, neta Paterna de Luís Ferreira de Andrade natural da Freguesia de Goiana, e de sua mulher Antônia Mendes Bezerra da mesma Freguesia. e Materna de Miguel Antunes de Aguiar natural desta Freguesia das Russas e de sua mulher Maria da Costa Pereira natural de Santo Antão da Mata; nasceu aos dezenove dias do mês de novembro do ano de 1761, e foi batizada com os Santos Óleos aos quatro do mês de dezembro do mesmo ano nesta Capela de Nossa Senhora do Rosário da Vila do Aracati filial da Matriz das Russas por mim Administrador dos Sacramentos abaixo assinado: foram padrinhos, Francisco Xavier de Freitas Correia, solteiro, e Dona Caetana dos Reis, mulher de Antônio Ferreira da Cruz todos desta Freguesia de que tudo para constar fiz este assento em que me assinei. Padre Teodósio de Araújo Abreu, Administrador dos Sacramentos.” Cf.  LA2-33.

1.6. Domingos, n. 1763 e foi batizado a 12 de outubro de 1763, na Capela de N. Senhora do Rosário, Aracati. Termo de batismo.“Aos doze dias do mês de outubro de 1763 anos de licença do Muito Reverendo Cura e Vigário da Vara Doutor Manoel da Fonseca Jaime na Capela de Nossa Senhora d Rosário da Vila do Aracati filial da Matriz das Russas batizei e pus os Santos Óleos a Domingos filho legítimo de Miguel Antunes e de sua mulher Maria da Costa naturais da Freguesia das Russas; Neto pela Paterna de Domingos Antunes de Aguiar e de Ana de Abreu naturais do Rio Grande e pela Materna de Lourenço de Abreu Pereira e de Dona Maria Francisca de Vasconcelos, naturais da Freguesia de Santo Antão da Mata; foi padrinhos,José dos Santos de Figueiredo,  (tantum) de que fiz este assento e assinei. Padre Gonçalo Ferreira de Melo.” Cf. LA2-65.

1.7. Miguel Pereira,  c.c. Joana Dias nasceu em Mossoró, Rio Grande do Norte. Pais de duas filhas: 1.7.1.-.1.7.2.

1.7.1. Rosa nasceu a 13 de agosto de 1781 e foi batizada a 21 do dito mês e ano, na Igreja Matriz do Aracati. Padrinhos, Francisco Xavier Barbosa e sua mulher Lourença  Maria de Jesus.

1.7.2. Francisca nasceu a 13 de abril de 1784 e foi batizada a 24 de maio do mesmo ano, na Igreja Matriz do Aracati. Padrinhos, Matias Ferreira da Costa, solteiro e Rosa Maria do Sacramento, viúva Antônio da Silva Francês Júnior.

1.8. Inácia, filha exposta a porta da casa de Miguel Antunes de Aguiar, n. 1784 e foi batizada a 07 de fevereiro de 1782,  na Igreja Matriz do Aracati. Termo de batismo.Inácia, Exposta em casa de Miguel Antunes morador nesta Vila do Aracati, e foi batizada de minha licença pelo Padre Amaro dos Santos de Andrade aos sete de fevereiro de 1782 anos; por padrinhos Lourenço de Abreu Lima e Catarina Maria do que para constar fiz este assento que assinei. José Carlos da Silva Carneiro, Cura da Vila de Aracati." Cf. LA3-29v. Cf.LR3-112v - LA2-06v,33,65  - LA3-13v,29v,62. 

   2º Filho por Ana de Abreu Lima, legítima mulher de Domingos Antunes de Aguiar.

  1. Bernardo de Abreu Lima nasceu na Freguesia de Russas. Casou-se a 06 de julho de 1763, na Capela da Vila do Aracati, com Rosa Maria nasceu em Açu, Rio Grande do Norte, f.ilha de Félix Correia da Rocha e de Rosa Dias Pereira. Termo de casamento.“Aos seis dias do mês de julho de 1763 anos, depois de feitas as denunciações na Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário das Russas do Jaguaribe e na Capela da Vila do Aracati em três dias festivos sem descobrir impedimento de licença do muito Reverendo Cura e Vigário da Vara Doutor Manoel da Fonseca Jaime em presença minha abaixo assinado e presentes por testemunhas o Capitão Antônio Nunes Ferreira o Doutor José Baltazar Augeri e outros muitos pelas cinco horas da tarde se receberam por palavras de presente Bernardo de Abreu Lima natural desta Freguesia das Russas filho legítimo de Domingos Antunes de Aguiar e de Ana de Abreu Lima com Rosa Maria natural do Assu filha legítima de Félix Correia da Rocha e de Rosa Dias Pereira e logo lhes dei as bênçãos nupciais na forma do Sagrado Concílio Tridentino de que fiz este assento na Capela da Vila do Aracati. O Padre Gonçalo Ferreira de Melo.” Cf. LA2-136v.
  2. Rufina Antunes.

        4º Filho por Ana de Abreu Lima, legítima mulher de Domingos Antunes de Aguiar. Terceiros - Avós de João Capistrano Honório de Abreu.

  1. Baltazar Antunes de Moura, Ajudante, n. Rio Grande do Norte. Casou-se com Josefa da Cunha Rosa, álibi Josefa da Cunha Araújo Rosa n. 1720, no “lugar do Aracati”, Sertão do Jaguaribe, filha de Gabriel da Cunha Rosa nasceu no Distrito do Porto, Portugal, e de Maria da Silva de Araújo. Josefa foi batizada pelo Reverendo Padre Licenciado Antônio Teixeira de Borba, hoje (1756) Cônego na Catedral de Olinda. O mandato não informa a data da expedição, se infere que é do ano de 1756. Josefa, neta paterna de Domingos Antônio da Silva e de Maria Rosa do Espírito Santo, naturais da cidade do Porto e que são pais também do Capitão Luís da Silva Rosa, casado, e com grande descendência. Termo de batismo.“Por Muito Mandado do Muito Reverendo Vigário desta Freguesia de Nossa Senhora do Rosário das Russas, Sertão de Jagoribe, (sic) lancei em assento que pela era de 1720 no lugar do Aracati da mesma Freguesia o Reverendo Padre Francisco Gomes da Silva Cura que então era desta dita Freguesia de licença sua o Reverendo Licenciado Antônio Teixeira de Borba hoje (1756) Cônego na Catedral da cidade de Olinda batizou a Josefa da Cunha Rosa filha de Gabriel da Cunha Rosa e de sua mulher Maria da Silva de Araújo e não se continha mais no dito mandado que lancei fielmente e trasladei aqui de que para constar fiz este assento em que me assinei. O Cura Ezequiel Gamero.” Cf. LR1-79v.

      

Filhos por Josefa da Cunha Rosa e Baltazar Antunes de Moura. 4.1-4.5.

4.1. Ana Josefa da Cunha                                          

4.2. Cláudio                                             

4.3. Honório José de Abreu                                       

4.4. Faustino Gomes de Abreu

4.5. Josefa Maria da Silva

 

4.1. Ana Josefa da Cunha n. 1737, na Freguesia das Russas, batizada a 25 de dezembro de 1737, na Capela de São José, Aracati. Termo de batismo.“Aos vinte e cinco dias do mês de dezembro de 1737, na Capela de São José do Aracati filial desta Matriz de Nossa Senhora do Rosário das Russas de Jaguaribe de licença minha batizou sem os Santos Óleos o Reverendo Padre Gonçalo Ferreira de Melo, digo Manoel Rodrigues dos Reis a Ana, filha legítima de Baltazar Antunes e de Josefa da Cunha; foram padrinhos, Caetano de Oliveira e Teodósia Pereira de que fiz este assento. O Bn.to Ambrósio Bernardo de Menna.” Cf. LR1-39.

   Ana Josefa da Cunha casou-se a 06 de julho de 1773, na Capela de N. Senhora do Rosário, Aracati, com Antônio Ferreira da Silva, álibi: Antônio Lopes Ferreira nasceu na Freguesia das Russas, filho de João Crisóstomo de Paiva e de Catarina Ferreira. Casou-se (2) a 25 de junho de 1776, na Capela de N. Senhora do Rosário, Aracati com Ana Clara de Jesus,  filha de Albano da Costa dos Anjos, Sargento Mor, e de  Josefa Rodrigues da Silva. Termo de casamento.Antônio Ferreira da Silva, filho de João Crisóstomo de Paiva e de Catarina Ferreira, e Ana Josefa da Cunha filha de Baltazar Antunes e Josefa da Cunha, ambos naturais e moradores nesta Freguesia das Russas, corridos os banhos se receberam com palavras de presente na minha presença abaixo assinado com licença do Reverendo Cura das Russas Doutor Manoel da Fonseca Jaime nesta Igreja do Rosário dos Brancos da Vila do Aracati, filial das Russas, pelas cinco horas da tarde de seis de julho de 1773, e logo lhes dei as bênçãos sendo presentes as testemunhas Pedro José da Costa Barros e João Francisco de Sampaio e outros muitos de que fiz este termo em que me assinei com as ditas testemunhas. José Carlos da Silva Carneiro.” Aracati CD1 L1 cas 09  Aracati CD1 L1 cas e ób 09. 

Filhos: 4.1.1.-4.1.2.

4.1.1. Baltazar Antunes de Moura, (Neto) n. no Aracati. Baltazar foi padrinho de Manoel filho natural de Pelônia Maria, na Igreja Matriz de Aracati a 21.06.1784, sendo a madrinha, a sua irmã Josefa Maria da Silva, ambos solteiros. Baltazar Antunes de Moura, (Neto) Casou-se com Teresa Maria de Jesus Tavares, pais de 4.1.1.1.-4.1.1.6.

4.1.1.1. Manoel nasceu a 11 de junho de 1790, e batizado a 18 do dito mês e ano, na Igreja Matriz do Aracati, pelo Padre Manoel Pereira Dutra. Padrinhos, Amaro José Antunes, solteiro, tantum. Cf. LA3-203.

4.1.1.2. José, batizado com um mês de nascido, a 17 de agosto de 1794, na Igreja Matriz de N. Senhora do Rosário do Aracati, pelo Padre José Tomás de Castro. Padrinhos, Manoel da Costa e Josefa da Cunha.

4.1.1.3. João Batista de Moura, n. na Freguesia do Aracati. Casou-se a 09 de janeiro de 1808, “pelas nove horas do dia,” na Igreja Matriz de N. Senhora do Rosário do Aracati, com Francisca dos Santos nasceu na Freguesia do Aracati, filha de Comba Francisca, solteira. Presentes, o Padre Félix Antônio Gusmão e Melo, as testemunhas Vicente Ferreira Rabelo, Francisco Coelho de Melo, e outros. Cf. Aracati CD1 L4cas-12 Aracati CD1 L7-302 Aracati CD1 L4 Cas. 12

4.1.1.4. Ana cinco meses de nascida, faleceu aos 04 de março de 1800, e foi sepultada das grades para baixo, na Igreja Matriz do Aracati. Aracati CD1 L3 Óbitos 155.

4.1.1.5. Antônio com seis meses de idade faleceu a 20 de março de 1803, e foi sepultado das grades abaixo na Igreja Matriz do Aracati. Aracati CD1 L3 Óbitos 196.

4.1.1.6. Antônio, com cinco meses de idade, faleceu a 21 de dezembro de 1804, e foi sepultado das grades para baixo, na Igreja Matriz do Aracati. Aracati CD1 L3 Óbitos 220.

2º Filho por Ana Josefa da Cunha e Antônio Ferreira da Silva.

4.1.2. Josefa Maria da Silva madrinha de Manoel filho natural de Pelônia Maria, na Igreja Matriz de Aracati, a 21 de junho 1784, e padrinho seu irmão Baltazar Antunes de Moura, (Neto) ambos solteiros.

2º Filho por Josefa da Cunha Rosa e Baltazar Antunes de Moura.

4.2. Cláudio nasceu no ano de 1740, e batizado a 17 de agosto de 1740, na Capela de São José, Aracati. Termo de batismo. “Aos dezessete dias do mês de agosto de 1740, na Capela do Senhor São José do Aracati filial desta Matriz de Nossa Senhora do Rosário das Russas do Jaguaribe de licença minha o Cura \baixo assinado batizou o Reverendo Padre Manoel Rodrigues dos Reis, a Cláudio, filho legítimo do Ajudante Baltazar Antunes e de Josefa da Cunha; foram padrinhos, o Capitão João da Costa Lima e Teresa Maria, de que fiz este assento. O Cura José Lopes de Santiago Lima.” Cf. LR1-51v.

 3º Filho por Josefa da Cunha Rosa e Baltazar Antunes de Moura.  Bisavô de João Capistrano Honório de Abreu.

4.3. Honório José de Abreu nasceu no ano de 1755, na Freguesia de Russas. Casou três vezes. Casou-se (1) a 28 de outubro de 1775, na Igreja Matriz de N. Senhora do Rosário de Russas, com Rosa Maria da Conceição, n. Russas, Ceará, filha de Manoel Gomes dos Prazeres, Olinda, e de Clemência de Souza. Termo do primeiro casamento.Onório José de Abreu natural desta Freguesia filho de Baltazar Antunes e de sua mulher Josefa da Cunha Rosa, naturais desta Freguesia, e Rosa Maria a Conceição natural desta Freguesia filha de Manoel Gomes dos Prazeres natural da cidade de Olinda e de sua mulher Clemência de Souza natural desta Freguesia, ambos moradores e fregueses deste Curato, corridos os banhos sem impedimento e expurgado o que haveria e com mandado do Muito Reverendo Doutor Visitador nesta Matriz depois de confessados se receberam por palavras de presente na forma do Sagrado Concílio Tridentino (aos vinte e oito de outubro de 1775) em minha presença Cura abaixo assinado e logo tomaram as bênçãos nupciais, sendo presentes por testemunhas João Rodrigues Ferreira, José Felipe Maia Alarcon, casados e fregueses deste Curato e para constar fiz este assento que assino. O Cura Manoel da Fonseca Jaime.” Cf. LR4-03.

   

   Filho por Rosa Maria da Conceição e Honório José de Abreu.

4.3.1. Antônio nasceu a 08 de junho de 1779, e batizado a 29 do mesmo mês e ano, na Igreja do Rosário dos Brancos da Vila do Aracati, pelo Padre José Carlos da Silva Carneiro. Termo de batismo.“Antônio, filho de Onório de Abreu e de sua mulher Rosa Maria, naturais e moradores nesta Vila do Aracati, nasceu a oito de junho de 1779, e foi por mim batizado a vinte e nove do dito mês e ano, nesta Igreja do Rosário dos Brancos da mesma Vila, com licença do Reverendo Cura das Russas Manoel da Fonseca Jaime com os Santos Óleos e foram padrinhos, Antônio Pereira de Azevedo e Joana Maria da Conceição, solteiro e moradores nesta Vila, do que para constar fiz este assento que assino Padre José Carlos da Silva Carneiro.” Cf. Aracati CD5 L1-207 Confirmada a descendência do primeiro matrimônio de Honório José de Abreu.

   Bisavó de João Capistrano Honório de Abreu.

Honório casou-se (2) a 14 de julho de 1783, na Igreja Matriz de N. Senhora da Conceição de Sobral, com Rita Camelo Pessoa, álibi Rita Maria da Conceição nasceu no Cariri Novo, Ceará, filha de Francisco Camelo Pessoa, n. Pernambuco e de Helena da Fonseca Marques. Rita faleceu a 09 de agosto de 1796. Termo do segundo casamento.“Aos quatorze dias do mês de julho de 1783, de manhã, nesta Matriz de Nossa Senhora da Conceição da Vila de Sobral, feitas as denunciações na forma do Sagrado Concílio Tridentino, na dita Igreja onde os nubentes são moradores, apresentado o Nubente a certidão de óbito de sua primeira mulher e qualificando a Nubente de ser solteira e de sua naturalidade da Freguesia dos Cariris Novos e domicílio a Freguesia de Goiana, e sem descobrir impedimento como consta dos banhos e mais papeis que ficam em meu poder, em minha presença e das testemunhas, João Gonçalves Ferreira, Antônio Florêncio de Miranda Henriques, casados e Eugênio José de Abreu, viúvo, e mais pessoas todas conhecidas e moradoras nesta Freguesia se casaram em face da Igreja, de manhã, por palavras de presente Onório José de Abreu, viúvo que ficou de Rosa Maria da Conceição, filho legítimo de Baltazar Antunes de Moura e de sua mulher Josefa da Cunha Rosa, com Rita Maria Camelo, filha de Francisco Camelo Pessoa e de Elena da Fonseca; e logo lhes dei as bênçãos na forma dos Ritos e Cerimônias da Santa Madre Igreja de que para constar fiz este termo e assinei. João Ribeiro Pessoa, Vigário Colado de Sobral.” Cf. Livro de Matrimônios, Sobral. Helena da Fonseca Marques é filha de Francisco de Freitas de Araújo, PE e de D. Teresa de Jesus, PB. Neta paterna de Constantino Ferreira de Freitas e de Helena da Fonseca, PE. Neta materna de Francisco do Desterro Melo e de Úrsula Clara Cunha Pereira, ambos de Pernambuco. 

 Honório casou-se (3) a 09 de agosto de 1796, com Ana Maria do Nascimento, filha de Pedro Cardoso de Abreu (Neto) e de Teresa de Jesus Freitas. Sem Sucessão. Honório faleceu em 22 de janeiro de 1806, de tuberculose pulmonar, em Sobral, onde foi sepultado na Igreja Matriz de N. Senhora da Conceição.

Termo de óbito de Honório José de Abreu.Honório José de Abreu natural do Aracati do Jogoaribe (sic) casado com Ana Maria do Nascimento moradores nesta Vila, de idade de cinquenta anos faleceu de Tubérculo (tuberculose) no dia vinte e dois de janeiro de 1806, com todos os sacramentos sem testamento e no dia seguinte foi sepultado nesta Matriz (de Sobral) envolto em hábito de São Francisco e encomendado pelo Padre Domingos Francisco Braga, de minha licença e foi sepultado nesta Matriz, e para constar fiz este assento em que me assino. José Gonçalves de Medeiros, Vigário Colado de Sobral.” Cf. Livro de Óbitos, Sobral. 

    

     Filhos por Rita Camelo Pessoa segunda mulher de Honório José de Abreu. 4.3.1.-4.3.3.

4.3.1. Francisco Camelo Pessoa Neto nasceu a 25 de julho de 1784. Casou-se a cinco de maio de 1806,  de manhã, na Igreja Matriz de Sobral, dispensado no 3° grau de consanguinidade atingente ao segundo com Jacinta Maria do Espírito Santo, filha de .?.  livro estragado e de Ana Joaquina do Sacramento. Presentes, o Padre Coadjutor Manoel Simões Diniz Pereira, as testemunhas, Antônio da Silva e João Felipe. Cf. Livro de Matrimônios, Sobral. 

4.3.2. Antônia Josefa da Cunha Rosa nasceu a 13 de março de 1787. Termo de casamento.“Aos vinte e seis de novembro de 1801, de tarde, na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição da Vila de Sobral, feitas as denunciações na forma do Sagrado Concílio Tridentino, em a dita Matriz, sendo os contraentes naturais e moradores nesta Freguesia, corridos os banhos sem encontrar impedimento algum, em minha presença e das testemunhas o Capitão Inácio Gomes Parente e o Capitão José de Silva e Castro se receberam por palavras de presente Francisco de Souza Machado, filho legítimo de Ambrósio de Souza Machado e de Quitéria Rodrigues da Conceição, com Antônia Josefa da Cunha Rosa filha legítima de Onório José de Abreu e de Rita Camelo Pessoa e logo receberam as bênçãos conforme os Ritos e Cerimônias da Santa Igreja: do que para constar fiz e lanço este em que me assino. Alexandre Bernardino Gonçalves dos Reis, Cura e Vigário da Vila de Sobral." Cf. Livro de Matrimônios, Sobral. Cf. Cronologia Sobralense, Monsenhor Francisco Sadoc de Araújo, UVA, IU, Sobral, 1979, Vol. II. p. 32,33,47. RIC, 1978, p.117.

3º Filho por Rita Camelo Pessoa segunda mulher de Honório José de Abreu. Avós de João Capistrano Honório de Abreu. 

4.3.3. João Honório de Abreu nasceu na Freguesia de. Sobral. Casou-se a 06 de junho de 1808, na Igreja Matriz de N. Senhora da Conceição de Sobral, com Antônia Maria da Conceição, n. Sobral, filha de Fradique Pereira da Costa e de Jerônima Rodrigues Coelho, casados a 14.09.1777, na Capela de São José, filial da Igreja Matriz de Sobral e residiam na Meruoquinha, ela Jerônima falecida a 21.03.1803, sepultada na Igreja Matriz de N. Senhora da Conceição de Sobral. João Honório praticava agricultura em terras arrendadas a Manoel Rodrigues Magalhães, dono do Sítio Prazeres, Serra da Meruoca, e possuía um escravo, vinte cabeças de gado bovino, três cavalos, um machado, uma enxada e duas mil covas de mandioca. (Sadoc, RIC, 1978, p.116). Faleceu a 17 de outubro de 1866 e Antônia faleceu um ano após. Antônia Maria da Conceição, neta paterna de Félix Correia da Costa, RN e de Joana Francisca, PI. Neta materna de do Capitão Jerônimo Rodrigues Coelho, n. 1724, RN, morador no Sítio Ticará, Freguesia de Sobral, onde faleceu a 25.07.1809, e de Teodósia da Costa.

Resenha do termo de casamento.“Aos seis dias do mês de junho de 1808, nesta Matriz de Nossa Senhora da Conceição da Vila de Sobral se receberam em matrimônio na presença do Reverendo Padre Domingos Francisco Braga, e das testemunhas Francisco Alves Ponte e Vicente Gomes Parente, João Honório de Abreu filho legítimo de Honório José de Abreu e Rita Camelo Pessoa, com Antônia Maria da Conceição, filha de Fradique Pereira da Costa e de Jerônima Rodrigues Coelho, já defuntos, receberam as bênçãos na forma do Ritual Romano de que para constar fiz este assento que assinei. José Gonçalves de Medeiros, Vigário Colado de Sobral.” Cf. Livro de Matrimônios, Sobral. 

    Plutarco filho natural de Isabel escravos de João Honório de Abreu, é batizado a cinco de janeiro de 1858, pelo Padre Antônio Nogueira da Braveza, na Freguesia de Maranguape. Cf. Livro de Batismos Maranguape. 

 Filhos: 4.3.3.1.- 4.3.3.6.

 4.3.3.1. Raimundo Honório

4.3.3.2. Maria Antônia dos Prazeres

4.3.3.3. Antônio Honório

4.3.3.4. Joana Francisca

4.3.3.5. Jerônimo Honório de Abreu

4.3.3.6. Marcolina de Abreu Mota

5° Filho por João Honório de Abreu e Dona Antônia Maria da Conceição. Pais de João Capistrano Honório de Abreu.

 

4.3.3.5. Jerônimo Honório de Abreu, Major, nasceu a 28 de dezembro de 1824, no Sítio Columinjuba, Maranguape. Casou-se a 18 de junho de 1852, no Sítio Columinjuba, com a sua sobrinha, Antônia Vieira de Abreu nasceu a 17 de outubro de 1839, no Sítio Columinjuba, filha de Manoel Vieira da Mota e de Marcolina de Abreu Mota. Antônia casou-se com doze anos e oito meses de idade, e faleceu a 10 de maio de 1922, com 83 anos de idade. Jerônimo faleceu em 05 de fevereiro de 1913, ambos no Sítio Columinjuba, Maranguape.

   O Major Jerônimo a 07 de dezembro de 1857, na Igreja Matriz de Maranguape, foi padrinho e sua mulher Joana Francisca de Abreu, (sic) madrinha, de Adelaide (gêmea com Luíza), filhas de José e Francisco de Souza Guimarães e de Josefa Carolina da Silveira. O Padre Antônio Nogueira da Braveza as batizou. Cf. Livro de Batismos Maranguape.    Cf. Livro de Batismos Maranguape. 

   Filhos: 4.3.3.5.1.-4.3.3.5.16.

4.3.3.5.1. Capistrano de Abreu, João Capistrano Honório de Abreu, nasceu a 23 de outubro de 1853, no Sítio Columinjuba, Maranguape, e foi batizado a 24 de outubro do mesmo ano em casa de seus pais, pelo Padre Antônio Nogueira da Braveza. Madrinha de apresentação Josefa Maria Borges e padrinhos seus avós paternos João Honório de Abreu e Dona Antônia Maria da Conceição. O Historiador Capistrano de Abreu cuja obra “é caracterizada por uma rigorosa investigação das fontes e por uma visão crítica dos fatos históricos,” Faleceu com 73 anos e dez meses de idade, a 13 de agosto de 1927, na Travessa Honorina, Rio de Janeiro, sendo sepultado no Cemitério São João Batista, da cidade do Rio de Janeiro. Capistrano casou-se a 30 de março de 1881, na cidade do Rio de Janeiro, com a carioca Maria José de Castro Fonseca, sua ex-aluna, de origem baiana e filha do Oficial da Marinha de Guerra Brasileira Inácio Joaquim da Fonseca, e de Adélia Josefina de Castro Fonseca, poetisa, n. a 24 de novembro de 1827, Salvador, Bahia, e faleceu a 09 de dezembro de 1920, no Convento Santa Teresa, Rio de Janeiro. Neta materna de Justiniano de Castro Rebelo, Inspetor do Consulado da Alfândega da Bahia, e de Adriana de Castro Rebelo. Maria José de Castro Fonseca faleceu no dia 31 de dezembro de 1891. Leia sobre o assunto em http://www. pvceara. Org.br/noticias/outubro/25i.htm Luiz Edgard Cartaxo de Arruda Júnior   (sobrinho bisneto do historiador). Pedro Gomes de Matos,  Capistrano de Abreu, Ed. Tip. Royal. A. Batista Fontenele, Fortaleza, 1953, p.37. José Aurélio Saraiva Câmara,  Capistrano de Abreu, Ed. José Olympio, RJ, 1969,  p.17.

Capistrano e Maria José, pais de cinco filhos: 4.3.3.5.1.1.-4.3.3.5.1.5.

4.3.3.5.1.1. Honorina de Abreu nasceu a 18 de fevereiro de 1882, na cidade do Rio de Janeiro. Freira Carmelita, 1911, contra a vontade do pai. Madre Maria José de Jesus faleceu no ano de 1959.

4.3.3.5.1.2. Adriano.

4.3.3.5.1.3. Fernando, a quem chamava de Abril, por ter nascido nesse mês. Faleceu prematuramente, de pneumonia dupla em 24 de outubro de 1918.

4.3.3.5.1.4. Henrique.

2.3.4.5.1.5. Matilde.

  2º - 16º filhos por Jerônimo Honório de Abreu e Antônia Vieira de Abreu.

4.3.3.5.2. Afra

4.3.3.5.3. Antônia

4.3.3.5.4. Pedro. Termo de batismo.Pedro filho legítimo de Jerônimo Onório de Abreu e Antônia Vieira da Motta, nasceu aos vinte e seis de novembro de 1858, e foi batizado solenemente com os Santos Óleos pelo Reverendo Padre Antônio Nogueira da Braveza no primeiro de janeiro de 1859; foram padrinhos, Joaquim José de Souza Sombra e (sua mulher) Severina Correia Sombra e para constar mandei fazer o presente em que me assino. O Vigário Pedro Antunes de Alencar Rodovalho.” Cf. Livro de Batismos Maranguape. 

4.3.3.5.5. Walfrido.

4.3.3.5.6. Joana

4.3.3.5.7. Clotilde

4.3.3.5.8. Walfrido

4.3.3.5.9. Angelina

4.3.3.5.10. Maria Amélia

4.3.3.5.11. Ambrósio

4.3.3.5.12. Jerônimo Honório

4.3.3.5.13.Martinho

4.3.3.5.14.Angelina

4.3.3.5.15. Sebastião de Abreu nasceu a 20 (vinte) de janeiro de 1880, no Sítio Columinjuba, Maranguape. Engenheiro casou-se com Lélia Carvalho filha de Tomás Antônio de Carvalho e de Maria Ricardina de Carvalho. Sebastião não conheceu o seu famoso irmão Capistrano de Abreu. Termo de batismo.Sebastião, filho legítimo de Jerônimo Honório de Abreu e de Antônia Vieira da Motta. Nasceu a vinte de janeiro de 1880, e foi batizado solenemente pelo Reverendo Padre Joaquim Rodrigues de Menezes e Silva, de licença minha a doze de fevereiro do mesmo ano; foram padrinhos, Manoel Cesário Mendes e Francisca Cudinha Mendes; e para constar fiz este assento que assino. O Vigário Domingos de Castro Barbosa.” Cf. Livro de Batismos Maranguape. 

4.3.3.5.16. Raimundo Honório de Abreu.

    

     6ª Filha por João Honório de Abreu e Antônia Maria da Conceição.

4.3.3.6. Marcolina de Abreu Mota n. Columinjuba, Maranguape, casou-se com Manoel Vieira da Mota. Filhas: 4.3.3.6.1.-4.3.3.6.2.

4.3.3.6.1. Raimunda Cândida da Mota casou-se a 18.06.1872, com Pedro Sampaio de Andrade, n. 1846, filho de Francisco Sampaio de Queiroz e de Mariana Francisca de Andrade.

4.3.3.6.1.1. Vicência Sampaio de Andrade n. 08.02.1874. Casou-se com Francisco Alves Barbosa, n. 20.12.1866, filho de Manoel Barbosa Lima e Ana Maria Barbosa, f. 02.04.1935. Vicência faleceu em 14.07.1940. Filha:

4.3.3.6.1.1.1. Ilnáh Sampaio Barbosa Teles n. 14.01.1897. Casou-se a 22.09.1926, na cidade do Crato, com Filemon Fernandes Teles, Agro-pecuarista, político influente no Cariri cearense, n. 20.08.1884, Crato, filho de Teodorico Teles de Quental e de Ana Balbina da Encarnação Teles. Filha:

4.3.3.6.1.1.1.1.  Anécia Teles casou-se com Amarílio Teles Cartaxo, Cirurgião Dentista n. Mauriti, Ceará, filho de André Brasiliense do Couto Cartaxo e de Maria Fernandes Teles.

4.3.3.6.2. Antônia Vieira de Abreu nasceu a 17 de outubro de 1839, no Sítio Columinjuba, Maranguape, ref: 16 filhos. Casou-se de idade doze anos de oito meses, a 18 de junho de 1852, no Stio Columinjuba, com seu tio Jerônimo Honório de Abreu, Major, nasceu a 28 de dezembro de 1824, no mesmo Columinjuba, filho de João Honório de Abreu e de Antônia Maria da Conceição.

   

4º Filho por Josefa da Cunha Rosa e Baltazar Antunes de Moura.

4.4. Faustino Gomes de Abreu casou-se a 27 de novembro de 1754, “pelas quatro horas da tarde,” na Capela do Senhor São José do Aracati, filial da Igreja Matriz de N. Senhora do Rosário das Russas do Jaguaribe, com Teresa de Jesus, filha de José .?. e de Teresa de Castro. Aracati CD1 L2-76.

4.5.  Josefa Maria da Silva madrinha de Manoel filho natural de Pelônia Maria, na Igreja Matriz de Aracati, a 21 de junho 1784, e padrinho seu irmão Baltazar Antunes de Moura, (Neto) ambos solteiros.

Fonte: LR1-39,51v - LR3-16 - LR4-03 - LA3-63v LRA1-05v,08v LR4-03 - Cronologia Sobralense, Cônego Francisco Sadoc de Araújo, UVA, IU, Sobral, 1979, vol. 2° p. 32,33,47. RIC, 1978, Cônego Francisco Sadoc de Araújo, p.116 Capistrano de Abreu, Pedro Gomes de Matos, Ed. A. Batista Fontenele, Fortaleza,1953, p.37 Capistrano de Abreu, José Aurélio Saraiva Câmara, Ed. José Olympio,RJ, 1969,  p.17. Genealogia do Historiador Capistrano de Abreu. Francisco Augusto de Araújo Lima. Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.  genealogíEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.