Blue Flower

Seja benvindo(a)!

Digite o termo na pesquisa conforme o Sumário atual da terceira etapa. Aperte o enter e aguarde o melhor resultado. Após entrar no tema da publicação, busque a palavra do seu interesse usando as teclas Ctrl + f. surgirá uma barra superior onde se deve digitar a palavra chave, p. ex. "Dummar", logo aparecerá ressaltada, com o número de vezes que se acha no texto. 

 

    

   José Linhares. Fonte foto: Wikipédia.

 

   

José Linhares   nasceu no Sítio Sinimbu, Guaramiranga, Serra de Baturité, Ceará, a 28 de janeiro de 1866. Advogado, Presidente do Supremo Tribunal Federal. Presidente da República, 29.10.1945 / 31.01.1946. 

 

Termo de batismo: Aos vinte e sete de fevereiro de 1866, na Matriz desta Freguesia, (Conceição, Guaramiranga), batizei a José, filho legítimo de Francisco Alves Linhares, fazendeiro, e Josefa Letícia (Caracas) Linhares, nasceu a vinte e oito de janeiro último, sendo padrinhos, o Doutor José Pacífico Linhares e Maria Amélia Vieira Linhares, do que fez-se este assento, que assino. O Vigário Padre José Leorne Menescal.
 
 

  Francisco Alves Linhares nasceu em Sobral, Ceará, filho de Vicente Alves Linhares e de Felismina Idalina Linhares, casados em Sobral a 09.11.1844. Neto paterno de Joaquim José Alves Linhares e de Maria da Purificação de Vasconcelos, casados a 04.07.1809. Neto materno de Francisco Alves Machado Freire e de Quitéria Maria de Jesus.

  Termo de casamento. No dia primeiro de fevereiro de 1880, no Sítio Cafundó, desta Freguesia de Nossa Senhora da Conceição da Serra de Baturité, depois de feitos os proclamas em três dias festivos a estação da missa conventual e sem apresentar impedimento algum em minha presença e das testemunhas, Virgílio Augusto de Moraes e Vicente Alves Linhares Filho, se receberam em matrimônio Francisco Alves Linhares e Josefa Felícia Caracas, ele filho legítimo de Vicente Alves Linhares e Felismina Idalina Linhares, e ela filha legítima de José Pacífico Caracas e de Felícia de Lima Caracas. O contraente é natural de Sobral e a contraente desta Freguesia onde são moradores. Foi lhes dada a bênção nupcial. E para constar mandei fazer este termo que assinei. O Vigário José Leorne Menescal.” Obs. Por sugestão do Conde d‘Eu, o Sítio Cafundó passou a Venezuela.   Cf. Livro de Matrimônios, Guaramiranga. familysearch.org. Cf. Monsenhor Francisco Sadoc de Araújo. Cronologia Sobralense. IU. UVA. Sobral. 1979. Vol. II. p. 50.

 

O Doutor Máximo Linhares nasceu em Fortaleza, filho do Coronel Francisco Alves Linhares e de Dona Josefa Linhares. Casou-se a 1º de dezembro de 1917, na Capela do Sagrado Coração de Jesus, Boulevard do Visconde de Cauipe, território desta Paróquia, com Maria Luíza de Adolfo Campelo nasceu em Baturité, filha do Doutor Adolfo Cordeiro de Moraes Campelo e de Francisca Nepomuceno Castelo Branco.  Cf. Livro de Matrimônios, Fortaleza. familysearch.org.

Pais de:

1. Alberto Campelo Máximo Linhares nasceu a 29 de maio de 1919, batizado a 14 de agosto seguinte na Capela dos Remédios, Benfica, Fortaleza. 

2. Maria n. 14 de agosto de 1920. 

3. Francisco n. 02 de julho 1922, e casou-se a {Extraído.} 04 de agosto de 1946, em São Paulo.  Cf. Livro de Batismos, Fortaleza. familysearch.org.


Cf. Francisco Augusto de Araújo Lima. Famílias Cearenses 2. BESSA e MAIA. Ed. Qu4tro, Fortaleza. 2004. 145 p. Francisco Augusto, 04.04.2017 genealogia@familiascearenses.com.br